Domingo, 03 de Julho de 2022
Infraestrutura Asfalto Novo

Com investimento de R$ 32 milhões, Governo de MS assina contrato para asfaltar a MS-382, em Bonito

Trecho a ser asfaltado será entre a entrada da Gruta do Lago Azul e o entroncamento com a MS-339Com o extrato de contrato publicado no Diário Oficial

24/05/2022 às 09h13 Atualizada em 24/05/2022 às 09h32
Por: Redação Fonte: Secom Mato Grosso do Sul
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Com o extrato de contrato publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), desta segunda-feira (23), a pavimentação de trecho de 15 quilômetros da MS-382, em Bonito, avança e o sonho da população da região está para ser concretizado.

 

O investimento foi autorizado pelo governador Reinaldo Azambuja em março, durante agenda na cidade turística, mas era um compromisso firmado desde a pavimentação de 7 km da rodovia, entre Bonito e a entrada da Gruta do Lago Azul, concluída em 2020. Agora, com investimento de R$ 32.099.413,21, o Governo do Estado vai pavimentar mais uma parte da MS-382 entre a entrada da Gruta e o entroncamento com a MS-339, região conhecida como “Baia das Garças”.

 

 

Além de beneficiar o escoamento da produção agrícola local, a pavimentação desse trecho da MS-382 facilitará ainda mais o acesso à região pantaneira, já que a própria rodovia, em seu prolongamento, e a MS-339, levam ao Pantanal entre Porto Murtinho e Corumbá. “É mais uma importante obra que vem ao encontro do desenvolvimento do nosso Estado, já que estamos falando de uma cidade turística e também do nosso Pantanal”, destacou o secretário de Estado de Infraestrutura, Renato Marcílio, sobre o investimento.

 

Conforme o extrato de contrato, a empresa tem até 300 dias para executar a obra, contados a partir da ordem de serviço. O investimento tem recursos do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de Mato Grosso do Sul).

 

Restauração

 

A melhoria na MS-382 já vem desde a restauração do pavimento entre Guia Lopes da Laguna e Bonito. A rodovia é o principal acesso à cidade turística para quem vem de Campo Grande. Na restauração desse trecho que compreende mais de 50 km, o Governo do Estado investe R$ 50,2 milhões. “São obras e investimentos que vão contribuir com o turismo e o escoamento da produção, melhorando o transporte local e o acesso aos municípios, além de propiciar um trânsito mais seguro para quem trafega pela região”, afirma Reinaldo Azambuja.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários