Domingo, 03 de Julho de 2022
Artigos Saiba Mais

O PCP é um assunto importante no setor de logística

Saiba mais sobre esse processo!

13/06/2022 às 15h36
Por: Redação Fonte: Redação
Compartilhe:
Foto: Reprodução Internet
Foto: Reprodução Internet

Estamos aqui hoje com mais um assunto sobre o universo das estradas!

 

Trouxemos mais um assunto do universo logístico! E, dessa vez, o papo ficou por conta do Plano de Controle e Produção, mais conhecido pela sigla PCP. O que é, para que serve, como aplicar, quais vantagens?

 

Esse e outros assuntos é o que vamos abordar neste conteúdo!

 

 

Ficou curioso? Então, bora lá saber mais?

 

Aqui você encontra:

 

O que é PCP?

 

O PCP é a sigla para Plano de Controle de Produção, que corresponde a um sistema de gerenciamento de produção. O objetivo desse método é prever, controlar e otimizar a utilização de recursos, do tempo e da habilidade dos colaboradores, e assim melhorar todo o processo produtivo de uma empresa. Dessa forma, o PCP facilita a gestão de todas as etapas do trabalho e tomadas de decisões.

 

Para que uma pessoa realmente entenda o que é PCP, é necessário que ela conheça e compreenda os 3 pilares fundamentais para que o sistema seja bem-sucedido. Isso ocorre porque, caso algum desses fatores seja implementado de modo incorreto, os resultados apresentados pelo plano de controle de produção tendem a ficar aquém do esperado.

 

As etapas do PCP

 

1- Planejamento

 

A etapa de planejamento do PCP visa analisar esses pontos para tomar decisões como as seguintes:

 

  • Itens que serão fabricados;

  • A quantidade em que serão fabricados;

  • O melhor momento para fabricá-los.

 

2- Programação

 

Uma vez que, tanto os produtos quanto a quantidade em que eles serão produzidos, bem como o momento em que a produção deve ocorrer, forem definidos, a etapa de programação consiste basicamente no mapeamento de todos os recursos e processos que devem ser implementados no fluxo de produção.

 

A finalidade dessa etapa é garantir que os insumos da indústria, seu maquinário e o tempo de trabalho de seus colaboradores sejam utilizados do modo mais inteligente possível.

 

3- Controle

 

Quando bem executado, o controle de produção abre espaço para que os gestores da indústria identifiquem falhas e gargalos antes que eles se tornem problemas críticos.

 

O PCP depende de todos os setores que estão ligados à produção e, por esse motivo, a sua implantação é feita em conjunto, para que sejam determinadas as responsabilidades de cada um e as melhores práticas para todas as áreas que estão envolvidas nos processos produtivos da empresa.

 

5 Vantagens do Planejamento e Controle da Produção

 

Um dos principais benefícios do Planejamento e Controle da Produção é assegurar que a indústria esteja fabricando produtos com qualidade de acordo com o plano. Mas, existem outros! Abaixo, veja quais são os outros 5 benefícios:  

 

1- Suporte Para Decisões Mais Assertivas

 

No processo do PCP é feito um levantamento de tudo que a indústria precisa para fabricar e entregar produtos. Sendo assim, as informações coletadas previamente nas etapas podem servir de suporte para a tomada de decisões mais assertivas e estratégicas. O PCP pode ser usado, por exemplo, para especificar a necessidade de matérias-primas e, com base nisso, agendar as compras para garantir que os insumos estarão sempre disponíveis no estoque para a produção. 

 

2- Melhores resultados finais

 

O PCP ajuda a otimizar a mão de obra, monitorar e controlar o desempenho, e manter o nível de estoque em níveis ideais. Isso significa que os processos da sua indústria tendem a fluir com mais agilidade e sem erros, ajudando a alcançar resultados positivos mais rápido, tanto na entrega como na elaboração dos itens. 

 

3- Maior compatibilidade entre Produção e Vendas

 

Quando a indústria faz o Planejamento e Controle da Produção, ela consegue garantir uma maior compatibilidade entre os setores de produção e vendas.  Isso significa que a indústria passa a ter capacidade para atender a demanda de pedidos praticamente todo ano, enquanto que os vendedores conseguem garantir a entrega de produtos para o cliente. 

 

4- Processo de produção sistematizado

 

Quando a indústria possui um processo de produção sistematizado, a chance de ocorrerem erros e falhas é praticamente nula. No PCP é determinada a ordem exata que os produtos devem ser produzidos. Logo, consegue garantir que cada uma das etapas de fabricação e entrega dos seus itens ocorra apenas conforme o planejado. 

 

5- Redução de custos, desperdícios e tempo ocioso

 

Como no PCP é definido a quantidade de itens que serão produzidos e quais matérias-primas e insumos são necessários para a produção, a empresa consegue reduzir desperdícios e custos operacionais. Não só isso, reduzir o tempo ocioso de mão de obra, uma vez que no PCP também é definido o tempo necessário para a fabricação dos produtos e o local ideal onde deve ser realizada a elaboração dos itens. 

 

Veja outros processos que otimizam o setor de logísticas!

 

Cubagem

 

Basicamente é a relação entre o peso de um produto e o espaço que ele ocupará dentro do veículo. Essa relação é obtida por meio de um cálculo matemático utilizando o fator de cubagem.

 

O objetivo é conseguir planejar melhor o processo de carregamento, e evitar dois pontos essenciais:

 

  • Que se feche uma carga muito volumosa, mas de baixo peso: o que faria com que se desperdiçasse a capacidade de carga do veículo em kg bruto;

 

  • Que se tenha muitos volumes pequenos, mas muito pesados: o que faz com que se deixe de aproveitar um espaço considerável dentro do veículo (em virtude do limite de peso).

 

Logística integrada

 

E foi por muito tempo que o ramo de logística seguia um conceito: o de armazenamento e transporte de mercadorias. Porém, o boom que a pandemia da Covid-19 trouxe ao mercado fez essa situação mudar radicalmente.

 

Se antes a mudança era feita em ritmo lento, agora, no entanto, revirou de vez. Hoje tal conceito se ampliou e engloba muito mais variáveis dentro de um negócio.

 

Os gestores entenderam a necessidade de uma maior interação entre fornecedores, produtos, suprimentos e clientes. Outro fator foi a tecnologia que auxiliou ainda mais essa interação.

 

Agora, fala-se em uma logística integrada, que trabalha em união com outras áreas, valendo-se de mais fatores para definir e desempenhar as suas atividades de uma forma mais ágil e eficiente.

 

Como o próprio nome indica, a logística integrada é a interação de todos os processos que a envolvem, desde a sua origem até a efetiva entrega do produto ao consumidor final. O resultado é uma gestão mais ampliada, na qual se permite uma visualização e controle maior de todos os processos.

 

Por exemplo, hoje, as empresas podem ter informações precisas sobre as condições dos seus fornecedores, como estoque, transporte etc. Ou seja, podem se programar com mais eficiência para a garantia de que o processo logístico siga um fluxo contínuo e seguro.

 

Importância das embalagens

 

As embalagens são necessárias para que os produtos cheguem aos consumidores protegidos e/ou conservados o mais perfeito possível. Saber em quais e onde embalar produtos é necessário por uma série de questões.

 

Se for uma mercadoria perecível, por exemplo, deverá ser armazenado em um material que suporte o tempo de deslocamento (lembrando do tamanho continental de nosso país, você bem percebe que isso é um fator de extrema importância).

 

Os profissionais das estradas, por outro lado, que são encarregados da tarefa de levar a encomenda às casas dos compradores, precisam saber sobre isso para lidar melhor com as mercadorias. O que também ajuda como diferencial entre os contratantes. Afinal, todo zelo faz diferença, não é mesmo?

 

Já, para os gestores e empresários interessados em passar uma boa imagem da empresa, a escolha da embalagem na logística deve ser bem pensada, devendo equilibrar vários fatores para garantir um bom custo-benefício para a operação. Com o investimento adequado, é possível demonstrar cuidado com os produtos e, ao mesmo tempo, conquistar a satisfação dos clientes.

 

Sistema de roteirização

 

Um sistema de roteirização, ou um software de roteirização, é a ferramenta que facilita a vida de todo gestor de entregas. A tecnologia da ferramenta é eficaz na hora de traçar as melhores rotas e entregar agilidade e economia para a operação. 

 

Com um sistema de roteirização, é possível ter vantagens que não se encontram na roteirização manual, por exemplo. A maioria das vantagens colabora para a redução de custos e o aumento da produtividade da frota de veículos. 

 

Os benefícios e vantagens da roteirização se resumem em:

 

- Melhoria no uso da frota e na separação das cargas;

- Redução de gastos com manutenção do veículo;

- Redução média de 30% com custos logísticos;

- Encurtar distâncias e km desnecessários;

- Diminuir o tempo ocioso da operação;

- Maior assertividade na rota traçada;

- Acompanhamento de motorista;

- Economia de combustíveis.

 

Gostou do nosso conteúdo?

 

Então, compartilhe nos grupos de Zap e Facebook da rapaziada para mais pessoas saberem deste assunto!

 

Até a próxima!

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários