Domingo, 03 de Julho de 2022
Trânsito Sistema de pesagem

Sistema de pesagem em movimento inicia fiscalização na SP-310

Tecnologia coíbe excesso de peso em caminhões que circulam na Washington Luís

21/06/2022 às 10h16
Por: Redação Fonte: Eixo SP
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Sistema de pesagem em movimento de caminhões da SP-310 – Rodovia Washington Luis, iniciou na quarta-feira (08/06) a fiscalização no trecho de Corumbataí, para coibir o excesso de carga. A tecnologia trará mais segurança e rapidez aos motoristas, já que apenas os veículos com excesso ou irregularidades precisarão entrar no posto de pesagem para aferição da carga.

  

Implementada no trecho pela Eixo SP, a tecnologia está prevista no contrato regido pela ARTESP – Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo e homologada pelo DER – Departamento de Estradas de Rodagem. O WIM (Weigh In Motion), como é chamado na livre tradução o Sistema de Pesagem em Movimento, permite a pesagem dos caminhões em movimento.

  

 

Foram instalados pórticos sobre as faixas de rolamento que estão equipados com câmeras com capacidade para identificação de placas (OCR), leitoras de tags de radiofrequência, scaner laser e câmeras panorâmicas. No pavimento da rodovia foram instalados os sensores de peso e, com a integração dos equipamentos, é possível detectar a classificação do veículo, o peso bruto total, peso por eixo e por conjunto de eixo, além de identificar a placa de veículo, suas dimensões (altura, largura, comprimento). 

  

Entenda como funciona 

 

Ao aproximar-se do pórtico, o caminhoneiro deverá seguir normalmente na faixa em que está. Os sensores instalados no solo vão fazer a pesagem e a medição do caminhão em plena circulação. Se estiver dentro dos padrões exigidos por lei, o pórtico emitirá a mensagem “PESAGEM LIBERADA” e o condutor pode seguir o trajeto. 

  

Caso seja identificada uma possível irregularidade, aparecerá a mensagem “PESAGEM OBRIGATÓRIA”, indicando que o motorista deverá levar o veículo até o Posto Geral de Fiscalização à frente e fazer a pesagem habitual. Após este procedimento, caso seja indicada a entrada ao pátio, o condutor deverá estacionar o caminhão em uma das vagas e dirigir-se até a sala de atendimento, onde apresentará a documentação no totem com as devidas instruções do sistema. 

 

“A Eixo SP adota novas ferramentas e soluções para uma gestão de tráfego inteligente. Sistemas como o WIM representam um eixo rodoviário mais tecnológico e capaz de identificar irregularidades que podem trazer riscos aos viajantes e prejudicar a malha rodoviária por transporte irregular de carga”, afirma Paulo Balbino, gerente de Operações da Eixo SP.  

 

Confira no link como funciona o sistema da Eixo SP: 

https://youtu.be/QXVoIsAp8Hw 

 

Desde dezembro de 2021, a Eixo SP em conjunto com o DER-SP mantinha o sistema em operação na SP-310, em caráter educativo. Agora, na fase de fiscalização pelo DER-SP, desrespeitar a norma que regulamenta os limites de carga vai pesar no bolso. O artigo 231 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB – Lei nº 9.503/1997), prevê multa de R$ 130,16, com acréscimo de valor por peso excedente. A infração é de natureza média, com perda de quatro pontos na CNH. Já a evasão, conforme artigo 278 do CTB, é infração de natureza grave, com a perda de cinco pontos na CNH e aplicação de multa de R$ 195,23. 

  

 SERVIÇO 

 

Sistema de Pesagem em Movimento da Eixo SP 

Local de operação do sistema: SP-310 – Rodovia Washington Luís, km 197+100, em Corumbataí, na pista Sul, sentido Capital

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários