Sexta, 12 de Agosto de 2022
Notícias do Transporte Nova área

Caminhoneiros ganharão área de descanso na Rodovia Dom Pedro I

Área de descanso para caminhoneiros terá banheiros com chuveiros, refeitório e estacionamento para mais de 60 caminhões grandes

07/07/2022 às 11h14
Por: Redação Fonte: Estradão
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Caminhoneiros que viajam pelo interior do Estado de São Paulo ganharão uma nova área de descanso em breve. O novo espaço será na Rodovia Dom Pedro I (SP-065), na região de Campinas. Segundo a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (ARTESP), as obras já começaram. De acordo com a agência, a construção da área de descanso faz parte do Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo.

 

 

Ainda de acordo com a ARTESP, a construção está a cargo da Rota das Bandeiras, concessionária responsável por esse trecho. Assim, a previsão é de que o novo espaço fique pronto até o fim de 2022. Para isso, estão previstos investimentos de R$ 12,3 milhões.

 

 

 

Nova estrutura para caminhoneiros

 

Conforme o ARTESP, o local terá 28 mil m² de área total. No total, haverá 70 vagas no pátio de estacionamento, sendo 63 para caminhões grandes. Além disso, a estrutura contará com banheiros feminino e masculino com chuveiros. Bem como com rampa e corrimões para facilitar o acesso de pessoas com mobilidade reduzida.

 

Inicialmente, estão em andamento os serviços terraplenagem do terreno. O novo local descanso de caminhoneiros ficará na pista norte da Rodovia Dom Pedro I, no km 111, sentido Campinas. Ou seja, um pouco depois da base do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU).

 

Rodovias paulistas são as melhores do País

 

As melhores rodovias do Brasil ficam no Estado de São Paulo. É o que mostra o estudo da Confederação Nacional do Transporte (CNT) publicado no fim de 2021. De acordo com o levantamento, a mais bem avaliada é a Rodovia Euclides da Cunha (SP- 320), entre Rubineia e Mirassol. O Departamento de Estradas e Rodagem (DER) de São Paulo é responsável por esse trecho.

 

Além disso, o estudo da CNT pontou que, na lista das melhores rodovias do País, as 14 primeiras ficam em São Paulo. Ou seja, 13 estão sob concessão. Estradas federais e estaduais pavimentadas, num total de 109.103 km, foram avaliadas. Segundo a CNT, apenas 12,4% de todas as rodovias do País têm pavimento.

 

Conforme a CNT, das rodovias avaliadas, a pior fica em Santa Catarina. Trata-se da BR 163, administrada pelo governo federal. A segunda pior é a RS-153, gerida pelo governo gaúcho. As outras estradas mais mau avaliadas ficam nos Estados do Acre, Amazonas, Bahia, Maranhão e Pernambuco.

 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários