Terça, 16 de Agosto de 2022
Infraestrutura Homenagem

Rodovia em Lages (SC) recebe nome em homenagem a José Paschoal Baggio

Foi sancionada na terça-feira (19) a Lei 14.416, de 2022, que denomina o trecho da BR-282, localizado entre o trevo do distrito de Índios (Km 207,6

21/07/2022 às 10h37 Atualizada em 21/07/2022 às 10h53
Por: Redação Fonte: Agência Senado
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foi sancionada na terça-feira (19) a Lei 14.416, de 2022, que denomina o trecho da BR-282, localizado entre o trevo do distrito de Índios (Km 207,6) e o trevo da BR-116 (Km 223,0), ambos no município de Lages (SC) como Rodovia Ulysses Guimarães – Trecho José Paschoal Baggio. O texto altera a Lei 9.875, de 1999.
 
 
O projeto que deu origem à lei foi o PLC 118/2018, da deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC). O relator na Comissão de Educação (CE) foi o senador Dário Berger (PSB-SC).
 

Em 2019, na CE, o relator reconheceu a relevância de José Paschoal Baggio, jornalista e fundador do jornal Correio Lageano, para o desenvolvimento do município de Lages.

 

 

— Fundador da Associação dos Diários do Interior de Santa Catarina e membro fundador do Instituto Histórico e Geográfico de Lages e do Sindicato das Indústrias Gráficas da região serrana de Santa Catarina, recebeu da Câmara de Vereadores de Lages, na legislatura de 1977 a 1983, o título de Cidadão Lageano, em reconhecimento pelos serviços prestados à população da região — destacou Dário, que apresentou emenda de redação para adaptação do texto às técnicas legislativas.

 

O senador Esperidião Amin (PP-SC) também ressaltou a relevância de Baggio e do trabalho desempenhado por sua família para a região. 

 

— Paschoal Baggio foi um empreendedor, inovador na área da imprensa que tem na sua filha, Isabel Baggio, a lutadora em prol do microcrédito, tendo sido pioneira com o Banco da Mulher, hoje Banco da Família, com organizações civis de interesse público atuando na área do microcrédito de forma pioneira e inovadora — afirmou. 

 

Biografia

 

José Paschoal Baggio nasceu em março de 1921, no Rio Grande do Sul, e, em 1948, fixou residência em Lages. Jornalista, teve seu nome emprestado para o Instituto José Paschoal Baggio, cuja missão é contribuir para o desenvolvimento das pessoas da Serra Catarinense por meio de projetos e programas, quanto ao “Prêmio Empreendedor José Paschoal Baggio”, que premia as 50 empresas da Serra Catarinense, que obtiveram o maior retorno de ICMS adicionado.
 

Integrado à cidade de Lages, ele desenvolveu atividades no comércio, na indústria, na política e na vida social. Também presidiu a Liga Serrana de Futebol (LSF), entre 1954 e 1955, e o Internacional de Lages, entre 1951 e 1953. Baggio morreu em 2001.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários