Terça, 27 de Outubro de 2020 23:08
61 99574-8903
Política & Economia POLÍTICA

Ministro reforça importância da integração de ações no âmbito do MDR para estimular o crescimento do País

Rogério Marinho liderou conferência com representantes das entidades vinculadas à Pasta. Encontro aconteceu nesta quinta-feira (26).

04/04/2020 03h19
Por: Redação Fonte: SUDECO
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Durante reunião com representantes das entidades vinculadas ao Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), o ministro Rogério Marinho reforçou a necessidade de haver uma atuação concertada entre os órgãos para levar iniciativas e serviços mais efetivos à população. O encontro presencial e por videoconferência aconteceu na tarde desta quinta-feira (26).

“Devemos evitar a sobreposição das nossas ações para termos mais resolutividade na solução dos problemas que nos são apresentados. O presidente Jair Bolsonaro nos deu uma missão de mitigar as diferenças regionais e é isso o que vamos fazer. Para tanto, devemos conhecer bem a atuação de cada órgão parceiro, nossas forças, justamente para que tenhamos resultados mais efetivos”, afirmou Marinho.

O titular do MDR informou ainda que a Pasta vai liderar a proposição de uma agenda de programas e projetos estruturantes para fomentar o crescimento econômico e social no Brasil. Para isso, serão feitos levantamentos dos principais programas do MDR e suas vinculadas. “Vamos formular uma proposta única do MDR e seus parceiros para ajudar no desenvolvimento de todo o País”, afirmou.

Participaram da conferência a diretora-presidente da Agência Nacional de Águas (ANA), Christianne Dias; o presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Marcelo Moreira; os chefes das Superintendências do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), Nelson Vieira; do Nordeste (Sudene), Evaldo da Cruz Neto; e da Amazônia (Sudam), Paulo Roberto Correia; o diretor-geral do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), José Rosilônio Magalhães; o diretor-presidente da Trensurb, Pedro Bisch Neto; e o diretor-presidente da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), José Marques de Lima.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.