Quarta, 28 de Outubro de 2020 11:13
61 99574-8903
Segurança Segurança

Abra caminho para a vida: a PRF na Bahia alerta a importância do respeito à prioridade de passagem das ambulâncias e veículos de emergência

Os condutores devem dar passagem às ambulâncias, viaturas policiais, do corpo de bombeiros, e outros veículos de emergência, pois o tempo de deslocamento destes veículos é crucial para salvar vidas, principalmente neste momento de crise de saúde enfrentado pela sociedade em razão da COVID-19.

08/05/2020 19h00
Por: Redação Fonte: Agência PRF
Foto: PRF
Foto: PRF

Neste Maio Amarelo, na sua missão de proteger vidas, a Polícia Rodoviária Federal na Bahia relembra a população a importância de observar as orientações das autoridades de saúde de ficar em casa. Porém, caso seja preciso pegar as estradas, alerta os condutores a necessidade de respeitar as leis de trânsito.

A prevenção de acidentes de trânsito e adoção de posturas adequadas pelos condutores ganha maior notoriedade neste momento de pandemia, para que se evite sobrecarregar ainda mais o sistema de saúde com a ocupação de leitos de UTI por vítimas de acidentes de trânsito.

Os condutores devem estar atentos à prioridade de passagem dos veículos de emergência, como viaturas policiais, do corpo de bombeiros e as ambulâncias. O tempo de deslocamento destes veículos é crucial para o pronto atendimento das emergências, seja no atendimento ao acidente de trânsito, ação dos socorristas, como na chegada aos hospitais com pacientes para atendimento médico emergencial.

Atenta a estas circunstâncias, a PRF na Bahia alerta os condutores que dar passagem a veículos de emergência, além de ser norma definida no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), é uma demonstração de cidadania e solidariedade com o próximo.

Ao dirigir com atenção, o condutor consegue perceber a presença de veículo de emergência e imediatamente, com sinalização e cuidado para evitar colisão com outros veículos, realizar a mudança de faixa ou abrir passagem, resguardando assim, a vida.

Os condutores jamais devem acompanhar um veículo de emergência. Além de poder causar acidentes (pois o veículo que deu passagem pode estar retornando para a sua faixa de origem e colidir com o veículo que “acompanha” irregularmente o veículo de emergência), essa atitude enseja uma infração de trânsito e vai de encontro com ações conscientes e prudentes na condução do veículo.

A PRF na Bahia reforça esta mensagem de conscientização para que a população “fique em casa, mas se tiver que sair respeite as leis de trânsito”, é percebendo o risco e prevenindo os acidentes de trânsito com posturas adequadas que se protege a vida.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.