Terça, 27 de Outubro de 2020 20:46
61 99574-8903
Segurança Segurança

PRF e Polícia Civil deflagram operação e apreendem carros de luxo no RJ

A ação faz parte da Operação Tamoios que reforça o policiamento nas rodovias federais para o combate à criminalidade

28/05/2020 12h51 Atualizada há 5 meses
Por: Redação Fonte: Agência PRF
Foto: PRF
Foto: PRF

Mais de 20 mandados de busca e apreensão foram cumpridos para desarticular um grupo que organiza corridas ilegais com carros de luxo. Somente um dos veículos é avaliado em quase R$ 2 milhões. A operação foi deflagrada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Civil, em diversos bairros e municípios do Rio de Janeiro, na manhã desta quinta-feira (28).

Os proprietários dos veículos foram surpreendidos por equipes da PRF e da 106ª DP (Itaipava), responsável pelas investigações, no início da manhã. Foram expedidos 24 mandados de busca e apreensão, para captura dos veículos e equipamentos usados nas filmagens dos eventos. Os carros, importados e com motores potentes, estavam na Barra da Tijuca, Jacarepaguá, Leblon, Lagoa, Flamengo, Duque de Caxias, Miguel Pereira e Petrópolis.

Um dos alvos foi um automóvel com valor aproximado de R$ 2 milhões. O Porsche Carrera 911 GT RS3 pertence ao dono de uma loja de veículos na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. O empresário já havia sido preso pela Polícia Federal, em 2011, por suspeita de participação em uma quadrilha de contraventores e mafiosos. O grupo seria responsável por contrabando de pedras preciosas e importação de carros de luxo usados, prática proibida pela legislação brasileira, além de sonegação fiscal. No Brasil, existem somente nove modelos iguais ao Porsche alvo da operação.

Outro empresário, morador do Flamengo, na Zona Sul, também é dono de uma loja de automóveis e seria o encarregado de fazer modificações nos carros. O objetivo seria prepará-los para os “rachas”. Ele possui canais na internet para divulgação das corridas, de acordo com as investigações.

As corridas ilegais em via pública colocam em risco a vida de inocentes. Os motoristas dirigem em alta velocidade, com exibição de manobras arriscadas, de forma irresponsável e desrespeitando a segurança dos demais usuários. Os participantes ainda filmam e publicam os “rachas” em canais de mídias sociais na internet.

Denúncias podem ser feitas através do telefone 191.

Investigações

Após um acidente ocorrido no último mês, na Rodovia Rio-Juiz de Fora (BR-040), nas proximidades de Petrópolis, na Região Serrana, foram iniciadas trocas de informações entre os setores de inteligência dos órgãos, para levantamento de dados e identificação dos participantes dos “rachas”.

No dia 26 de abril, um carro capotou na altura do quilômetro 51. O motorista do automóvel, um BMW X1, deixou o local antes da chegada do socorro. De acordo com relatos de populares, o veículo estaria em alta velocidade no momento do acidente. Imagens cedidas pela concessionária que administra a via auxiliaram na descoberta dos envolvidos.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.