Sábado, 24 de Outubro de 2020 21:06
61 99574-8903
Entrevistas Avanço

Instituto de Saúde do DF lança assistente virtual para o combate ao coronavírus

IGESDF lançou recentemente um robô no Whatsapp para tirar dúvidas da população sobre o vírus

22/06/2020 10h53
Por: Redação
Foto: Agência Saúde/SES-DF
Foto: Agência Saúde/SES-DF

A pandemia do novo coronavírus trouxe novos hábitos ao cotidiano da sociedade mundial, e a tecnologia está sendo essencial para essa nova realidade. Por isso, o Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IGESDF) lançou recentemente a assistente virtual, Ana, que nada mais é uma robô que orienta milhares de cidadãos sobre os cuidados e as ações para combater a proliferação da Covid-19. Ana já ajudou mais de seis mil pessoas no Distrito Federal tirando dúvidas da população sobre o vírus. E, você pode entrar em contato com a assistente virtual por meio do Whatsapp (61) 99819-6599 ou (CLICANDO AQUI) Abaixo o presidente do IGESDF, Sérgio Luiz da Costa, detalhou um pouco mais sobre a robô Ana. Confira:

1- Qual o objetivo do lançamento da assistente virtual, Ana?

O objetivo é que a disseminação da doença seja evitada. Além disso, com esse apoio, as pessoas serão orientadas de forma mais adequada ao tipo de serviço que devem procurar. Diminuindo a possibilidade de superlotação das unidades de saúde.

2-  Como surgiu a ideia? Já está em funcionamento?

A ideia surgiu a partir do interesse do IGESDF em prestar informações e orientações sobre o coronavírus para a população do Distrito Federal e entorno pelo WhatsApp e pelas redes sociais. Ela está em funcionamento desde o dia 29 de maio.

3- Qualquer cidadão pode entrar em contato com a assistente virtual? E quais as dúvidas que ela responde?

Qualquer cidadão pode mandar uma mensagem pelo WhatsApp para a Ana pelo número (61) 99819-6599. A robô Ana fornece informações gerais sobre a covid-19, entre eles, como a infecção pelo vírus ocorre, como se prevenir e quais os principais sintomas. Os cidadãos também podem fazer uma autoavaliação de sintomas antes de se dirigirem para uma unidade de saúde ou para o drive thru de testagens rápida.

4-  E quais são as próximas ações do IGESDF para combater o novo coronavírus?

A iniciativa possui uma segunda assistente virtual, a bot Gabriela, que acompanha apenas pacientes já diagnosticados com covid-19 nas unidades públicas do DF. Também pelo WhatsApp, a assistente virtual Gabriela entrará em contato pelo número informado pelos pacientes no prontuário e acompanhará, por 14 dias, a evolução do quadro de saúde daqueles que tiveram o diagnóstico de covid-19 confirmado e que foram liberados para isolamento domiciliar.

5- Existe um atendimento especial da assistente virtual para os caminhoneiros? Como eles estão nas estradas podem tirar as dúvidas e o atendimento virtual encaminhar para realizar algum procedimento?

Sim, o atendimento pode ser feito de qualquer lugar a partir de um smartphone com internet e o aplicativo WhatsApp. Após o relato para a Ana, se o caso for considerado de atenção, de acordo com os critérios médicos definidos pelo IGESDF, o atendimento é direcionado para um analista. Nesta etapa, o usuário poderá relatar melhor a sua situação e, se for o caso, será direcionado para uma Unidade Básica de Saúde (UBS) de sua região ou para o Serviço Móvel de Urgência (SAMU).

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.