Terça, 20 de Outubro de 2020 08:04
61 99574-8903
Geral Infraestrutura

DNIT retoma serviços de recuperação do revestimento na BR-153/GO

Serviços acontecem entre os municípios de Anápolis e Rialma

23/06/2020 19h15
Por: Redação Fonte: DNIT
Foto: DNIT
Foto: DNIT

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) retomou a execução dos serviços de fresagem, recomposição do revestimento com CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente), aplicação de microrrevestimento e sinalização horizontal nos pontos críticos da BR-153/GO, especificamente no segmento que liga os municípios de Rialma e Anápolis, com extensão de 140 quilômetros.

O trabalho, que está em execução desde 2019, faz parte de um contrato de manutenção que tem previsão de término em 2021. Do início do contrato até o final desse ano, o DNIT planeja concluir esses serviços em aproximadamente 47% de todo o segmento, totalizando 65,7 quilômetros. Em 2019, foram executados 41,73 quilômetros e, neste ano, serão mais 24 quilômetros. Também está previsto para o próximo ano a execução dos mesmos serviços no restante do segmento.

A equipe da Autarquia iniciou as atividades próximo ao município de Rialma, no segmento localizado entre o km 314 e o km 318; e posteriormente, atuará entre o município de Jaraguá e o entroncamento com a GO-080, desde o km 359 ao km 379.

Além dessas ações, desde o início do contrato as equipes do DNIT também estão executando os serviços de conversa rotineira, tais como: roçada nas margens dos acostamentos, limpeza dos dispositivos de drenagem, tapa-buracos, recomposição de sinalização vertical e outros.

 

A execução desse conjunto de ações permite que o pavimento suporte de forma adequada o volume considerável de tráfego de veículos de passeio e de carga da região, aumentando assim a vida útil dele. Também fornece mais segurança e conforto aos usuários que trafegam nesse segmento da rodovia.

A BR-153/GO é o principal eixo logístico da região Centro-Oeste. Em decorrência do escoamento de produção e do abastecimento de insumos de todo o país, principalmente entre os estados de Minas Gerais, Goiás e Tocantins, a rodovia possui tráfego intenso de veículos leves e de carga em toda a sua extensão. Os segmentos que estão sob a jurisdição do DNIT no estado de Goiás (Anápolis - Div. GO/TO) possuem três contratos de manutenção.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.