Sábado, 31 de Outubro de 2020 12:34
61 99574-8903
Geral Infraestrutura

DNIT dá início a levantamento de dados e caracterização funcional e estrutural das rodovias federais

Veículos especiais que percorrerão o país passaram por aferição e calibração .

24/06/2020 08h28
Por: Redação Fonte: DNIT
Foto: DNIT
Foto: DNIT

Os veículos e equipamentos que serão utilizados no levantamento e caracterização funcional das rodovias federais sob responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) passaram por aferição e calibração nesta segunda-feira (22), na Sede da Autarquia, em Brasília. Os trabalhos em campo serão iniciados na próxima semana, dia 02 de julho.

Cerca de 55 mil quilômetros de rodovias federais vão passar pelo levantamento e caracterização, realizados com a utilização de equipamentos especiais, a exemplo do Veículo de Diagnósticos de Rodovias – VDR.  Os trabalhos a serem executados compreendem atividades de campo e atividades em escritório.

 

Serão quatro ciclos de Levantamento Funcional, com duração de oito meses cada um,  e um ciclo único de Levantamento Deflectométrico, com duração de 16 meses, no qual serão detectadas deflexões (alterações) recuperáveis na superfície do pavimento, com vistas a uma avaliação estrutural da condição do mesmo.

O objetivo do levantamento da malha é compor o Banco de Dados Técnicos para suporte ao Sistema da Gerência de Pavimentos (SGP) da Autarquia. Ele atende, também, às especificações da metodologia IRAP, permitindo ao DNIT utilizá-la para fins de priorização de intervenções, que irão proporcionar melhorias na segurança viária.

Segundo o diretor de Planejamento e Pesquisa do DNIT, Luiz Guilherme Rodrigues de Mello, é uma das maiores aplicações da metodologia iRAP (International Road Assessment Programme) no mundoConforme explicou, este é um importante instrumento de gestão, que indica onde é necessário atuar para aumentar a segurança das vias e levanta os custos da intervenção.

 

De acordo com a metodologia iRAP, após o levantamento, as imagens passam por um processo de codificação para, em seguida, ser elaborado um plano de investimentos para implementação das soluções propostas, tendo como base propostas de contramedidas para correção dos pontos sensíveis identificados.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.