Domingo, 25 de Outubro de 2020 22:19
61 99574-8903
Política & Economia Transporte

Frente parlamentar defende manutenção da desoneração da folha de pagamento para o transporte

Em consonância com pleito da CNT, senador Wellingon Fagundes encaminhou pedido formal ao presidente Jair Bolsonaro

03/07/2020 07h48
Por: Redação Fonte: Agência CNT
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Na quarta-feira (1º), a Fenlogi (Frente Parlamentar Mista de Logística e Infraestrutura), na figura de seu presidente, o senador Wellington Fagundes (PL/MT), posicionou-se oficialmente pela manutenção da desoneração da folha de pagamento para o setor de transporte de cargas e passageiros, “estratégico para o abastecimento nacional e mobilidade da população”, como afirma ofício encaminhado ao presidente Jair Bolsonaro.

A desoneração é assunto da Medida Provisória n.° 936/2020, que dispôs, entre outros assuntos, sobre a suspensão temporária dos contratos de trabalho, bem como da redução de jornada e salário, durante o enfrentamento do estado de calamidade pública decorrente da pandemia de covid-19. A MP, já votada no Congresso Nacional, aguarda sanção presidencial. No ofício, a Frenlogi pede que Bolsonaro sancione o texto, tal qual aprovado no Legislativo, na íntegra. 

O documento de autoria dos parlamentares ainda destaca “a importância da manutenção desta desoneração nesse momento de agravamento da crise econômica provocada pela pandemia, em que se torna essencial a adoção de medidas para garantia do emprego”. E acrescenta: “Setores estratégicos da economia, como o de transportes, dependem da prorrogação da desoneração da folha para continuarem operando, razão pela qual defendemos a manutenção da medida até dezembro de 2021”.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.