Sexta, 04 de Dezembro de 2020 22:44
61 99574-8903
Geral Infraestrutura

DNIT segue com as obras de construção da ponte entre Xambioá (TO) e São Geraldo do Araguaia (PA)

Previsão da Autarquia é finalizar o empreendimento em setembro de 2022

22/07/2020 14h53
Por: Redação Fonte: DNIT
Foto: DNIT
Foto: DNIT

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) segue com os trabalhos de construção da ponte sobre o rio Araguaia, na BR-153 PA/TO - divisa dos estados do Tocantins e do Pará e que vai interligar as cidades de Xambioá (TO) e São Geraldo do Araguaia (PA).

Atualmente, as equipes da Autarquia realizam a execução dos apoios 44 ao 39 - esse é o último em terra - do viaduto de acesso, no lado de Xambioá. Assim foram realizadas 40 estacas tipo raiz, oito blocos, oito pilares é uma travessa.

Finalizada essa fase, o DNIT vai iniciar o serviço nos pilares que vão ser feitos dentro do rio Araguaia.

Demanda antiga da população dos dois estados, o empreendimento da BR-153 PA/TO contará com 1.720 metros de extensão e será a maior ponte do estado do Tocantins.

A ponte está orçada em aproximadamente R$ 157 milhões e a previsão de entrega é em setembro de 2022.

Atualmente, todos os veículos que trafegam pela BR-153 e precisam atravessar de uma margem à outra do rio Araguaia, só podem fazê-lo por meio de balsa, o que representa fator de insegurança para os usuários da rodovia e para a população local.

Importância - A BR-153/PA/TO é um importante eixo de ligação entre as Regiões Norte e Sul do Brasil, por permitir a integração multimodal entre a ferrovia Norte-Sul e a hidrovia Tocantins-Araguaia. A construção da ponte vai impulsionar o desenvolvimento econômico local, pois facilitará o tráfego de veículos e caminhões, melhorando o escoamento da produção de bens e diminuindo os custos no transporte de cargas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.