Domingo, 29 de Novembro de 2020 04:26
61 99574-8903
Entretenimento Dia dos pais

O pai das SUVs

No campo ou na cidade, a Rural Willys enfrentava tudo, conquistando o coração dos brasileiros

09/08/2020 09h46 Atualizada há 4 meses
Por: Redação
O pai das SUVs

Após a Segunda Guerra Mundial, os Estados Unidos começaram a viver um fenômeno de migração das famílias das grandes cidades para os subúrbios. Era a busca por um ambiente mais tranquilo após os conturbados anos de guerra. A fabricante Willys Overland viu, então, a oportunidade para lançar um veículo que levasse toda uma família e ainda fosse adaptado para circular tanto na cidade, quanto em ambientes mais rurais. Surgiu, então, o Willys Jeep Station Wagon.

O modelo, produzido de 1946 a 1965, tinha suspensão dianteira independente e carroceria de aço, ganhando, em 1949, a opção de tração integral. Ao longo de sua história, foram mais de 300 mil unidades vendidas, com produção licenciada em diversos outros países. No Brasil, a novidade chegou em 1958, sendo comercializado com o nome de Rural Willys.

O carro era baseado na primeira geração do Willys Jeep Station Wagon norte-americano, sofrendo sua única reestilização em 1960, inspirado na arquitetura modernista da recém-inaugurada Brasília. No ano seguinte foi lançada a Pick-Up Willys, sua versão picape.

Nos anos 1970, a Rural passou a ser produzida pela Ford, que havia adquirido a fábrica da Willys. Durante essa nova fase, a picape passou a se chamar F-75. A produção da Rural foi encerrada em 1977 e a da F-75 em 1981. Com mecânica robusta, bom espaço para acomodar a família e versatilidade para andar dentro e fora da cidade, a Rural é considerada o pai dos utilitários-esportivos no Brasil. Mesmo muito tempo após o fim de sua fabricação, ela continuou sendo usada por fazendeiros em todo o país e, atualmente, é um valioso item para os colecionadores de automóveis.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.