Quinta, 29 de Outubro de 2020 07:15
61 99574-8903
Geral Infraestrutura

DNIT inicia instalação de vigas de viaduto da Nova Ponte do Guaíba/RS

Operação acontece na BR-116/BR-290 e vai provocar diversas alterações no trânsito até o dia 23/10

07/10/2020 08h22
Por: Redação Fonte: DNIT
Foto: Divulgação/DNIT
Foto: Divulgação/DNIT

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) dá início, nesta quinta-feira (08), à instalação das vigas do viaduto que fará a ligação da BR-116/BR-290 com a Nova Ponte do Guaíba, em Porto Alegre (RS).  Para garantir a segurança dos trabalhos, foi montada uma operação dividida em seis etapas. A atividade, que acontece no km 99 da rodovia, na região da Ilha Grande dos Marinheiros, vai provocar diversas alterações no trânsito até o dia 23 de outubro.

A construção da Nova Ponte do Guaíba segue em ritmo acelerado e, além da execução deste viaduto no km 99 da BR-116/BR-290, também está com frentes de serviço na pavimentação e na sinalização. Mais de dois quilômetros de pistas já receberam a camada de sete centímetros de Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ) e estão com o pavimento concluído. A pintura da sinalização horizontal já foi finalizada em mais de um quilômetro da estrutura. A expectativa do DNIT é liberar a travessia parcialmente ao tráfego em novembro.

A Nova Ponte do Guaíba tem ao todo 12,3 quilômetros com um total de cinco quilômetros de trecho em aterro e 7,3 quilômetros em obras de artes especiais (ponte sobre os canais navegáveis, elevada, alças e viaduto). O DNIT estima que 50 mil veículos utilizem a nova ponte diariamente.

 

Atenção às mudanças no trânsito

Os motoristas  devem redobrar a atenção à sinalização neste trecho da rodovia. No local, vão ocorrer desde interferências pontuais no tráfego até interrupções, com desvios e estreitamentos de pista, de acordo com o serviço a ser executado para a instalação das vigas. Em caso de chuva ou vento forte, as ações serão transferidas.

Para a instalação de 21 vigas pré-moldadas - cada uma pesando entre 110 e 180 toneladas e com comprimento de 28 a 40 metros - serão utilizados guindastes com capacidade de 250 e 500 toneladas. Ao todo devem ser envolvidos nestas operações cerca de 40 colaboradores.

Confira a programação:

  - Etapa 1 (08 e 09/10) – No primeiro dia, os serviços acontecem das 20 às 5 horas. Já no segundo dia, os trabalhos serão realizados das 22 às 5 horas. Em ambos os dias haverá interrupção da pista no sentido Capital-interior, com desvio do fluxo para a pista oposta, mantendo, portanto, mão e contramão no sentido interior-Capital;

 

 - Etapa 2 (10 e 11/10) – Nos dois dias, das 20 às 5 horas, haverá interrupção da pista no sentido Capital-interior, com desvio do fluxo para a pista oposta, mantendo, portanto, mão e contramão no sentido interior-Capital;

 

- Etapa 3 (13, 14 e 15/10) - Das 9 às 16h30, ocorrerá o estreitamento de uma faixa, no sentido interior-Capital, com interferências pontuais no trânsito para a travessia de carretas com as vigas;

 

- Etapa 4 (16, 17 e 18/10) – Das 8 às 18 horas, interferências pontuais no trânsito para a travessia de carretas com as vigas;

 

- Etapa 5 (19 e 20/10) – Nos dois dias, sempre das 20 às 5 horas, haverá interrupção da pista no sentido Capital-interior com desvio do fluxo para a pista oposta, mantendo, portanto, mão e contramão no sentido interior-Capital;

 

- Etapa 6 (22 e 23/10) – Das 8 às 18 horas, interferências pontuais no trânsito para a travessia de carretas com as vigas.

 

O DNIT enfatiza que esta programação poderá sofrer alterações e estender-se para além do dia 23 em decorrência das condições climáticas.

 

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no FacebookInstagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.