Quarta, 02 de Dezembro de 2020 05:45
61 99574-8903
Geral Infraestrutura

EPL inicia estudos para fim de concessão em ponte binacional

Trabalho será iniciado com uma visita técnica de representantes da EPL e do MInfra à região na próxima semana

14/11/2020 06h36 Atualizada há 3 semanas
Por: Redação Fonte: Assessoria Especial de Comunicação do Ministério da Infraestrutura
Foto: Divulgação Mercovia S.A
Foto: Divulgação Mercovia S.A

O Ministério da Infraestrutura e a Empresa de Planejamento e Logística (EPL) fecharam acordo para que a estatal realize os estudos de encerramento do contrato internacional de concessão da Ponte da Integração, que liga as cidades de São Borja, no Rio Grande do Sul, e São Tomé, na Argentina. O ativo integra importante rota de comércio entre os dois países, especialmente da indústria automotiva.

A EPL será responsável por instruir a posição do Brasil na análise econômico-financeira que viabilizará o encerramento das atividades da concessionária. Os trabalhos contarão com o apoio de diversos órgãos e entidades da administração pública que atuam na fronteira. As informações também servirão de subsídios para a Delegação de Controle da Ponte (Delcon), grupo com representantes dos dois países que supervisionam a operação do empreendimento.

KICK-OFF – O trabalho será iniciado na próxima terça-feira (17) com uma visita técnica de representantes da EPL e do Ministério da Infraestrutura ao Centro Unificado de Fronteira (CUF) e ao Complexo Alfandegário e Aduaneiro. A região consiste na área sediada do lado argentino, próximo à ponte, e serve como ponto de controle de ingresso e saída de pessoas, mercadorias e meios de transporte, bem como para a prestação de serviços correlatos.

A proposta de construção de uma ponte sobre o Rio Uruguai foi oficializada em 1989, quando Brasil e Argentina assinaram um acordo binacional. A concessionária Mercovia S.A foi responsável pela construção da ponte e responde pela operação do empreendimento desde a sua inauguração, em 1997.

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no FacebookInstagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.