Sexta, 05 de Março de 2021 01:31
61 99574-8903
Política Infraestrutura

Presidente Jair Bolsonaro visita obras da segunda ponte sobre o rio Paraná

DNIT é responsável por supervisionar os trabalhos, além de ter competência técnica para aprovar os projetos

02/12/2020 14h54
Por: Redação Fonte: DNIT
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Durante visita oficial nesta terça-feira (1º), o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, acompanharam as obras da segunda ponte sobre o rio Paraná, que fará a ligação entre os dois países.

“Esse é mais um empreendimento realizado em parceria entre o governo federal, o governo do estado e Itaipu, que vai potencializar a economia dos dois países, ampliando a logística e a troca comercial entre as duas nações, além de desafogar o movimento de veículos pesados Ponte da Amizade e trazer mais segurança para os usuários da via”, afirmou o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) tem a responsabilidade de supervisionar o empreendimento, além da competência técnica para aprovar os projetos dessa ponte. O investimento, com recursos da empresa Itaipu binacional, será de aproximadamente R$ 450 milhões, considerando obras da estrutura, desapropriações e a construção de uma perimetral no lado brasileiro. A previsão de conclusão é para 2022.

A Autarquia trabalha na aprovação do projeto para execução das obras do acesso à segunda ponte, ligando o Brasil (Foz do Iguaçu) e o Paraguai (Presidente Franco). Os serviços incluem a construção de obras de artes especiais (OAEs) e aduanas localizadas entre Brasil/Paraguai e Brasil/Argentina, na BR-277/PR. 

A obra da segunda ponte entre Brasil e Paraguai está a todo vapor, as equipes atuam no tabuleiro de concreto da ponte do lado do Brasil, na cidade de Foz do Iguaçu. No geral a obra está com 42% dos serviços concluídos.

A segunda ponte está sendo construída no Rio Paraná, entre Foz do Iguaçu (PR) e Presidente Franco, cidade paraguaia vizinha a Ciudad del Este. Com a construção da segunda ponte sobre o rio Paraná, a Ponte da Amizade, construída em 1965, será liberada para o tráfego de veículos de passeio. Os usuários da segunda ponte irão sentir os benefícios da obra como a redução do tempo de viagens e tráfego mais seguro entre as cidades. 

O novo marco arquitetônico e logístico do estado do Paraná terá uma extensão de 760 metros de comprimento. A nova ponte também contará com o vão-livre de 470 metros, o maior da América Latina. Serão duas pistas simples com 3,6 metros de largura, acostamento de 3 metros e calçada de 1,70 metro nas laterais. 

Aguardada há muitos anos, a segunda ponte entre os dois países será mais um estímulo ao desenvolvimento regional. A região de Porto Meira, em Foz do Iguaçu, deverá ter um crescimento considerável, assim como a cidade de Presidente Franco no Paraguai. A nova ligação entre os países será um incentivo para a geração de novos empregos, fortalecerá a integração, facilitará a logística de cargas e aliviará o trânsito no centro de Foz do Iguaçu e na Ponte da Amizade.

O novo empreendimento também visa incentivar investimentos em obras para transporte multimodal otimizando o escoamento da produção e a articulação produtiva dessa região, uma rota de grande importância para a América Latina, envolvendo Paraná, Mato Grosso do Sul, Paraguai, Bolívia e Argentina.

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no FacebookInstagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.