Quarta, 24 de Fevereiro de 2021 22:38
61 99574-8903
Política & Economia Economia

Aprovado edital de concessão de rodovias que ligam Tocantins a Goiás

Leilão deve ocorrer no dia 29 de abril na sede da B3 em São Paulo

29/01/2021 12h00
Por: Redação Fonte: Agência Brasil
Foto : Agência EBC/Arquivo
Foto : Agência EBC/Arquivo

A Agência Nacional de Transportes Terrestres aprovou ontem (28) o edital de concessão do trecho de 850,7 km das rodovias BR-153/414/080/TO/GO. A expectativa é que o leilão ocorra no dia 29 de abril na sede da bolsa de valores, B3, em São Paulo.

O contrato tem duração de 35 anos, prorrogáveis por mais cinco. De acordo com a agência, a previsão é que sejam investidos, ao longo do contrato, em torno de R$ 14 bilhões, sendo R$ 6,2 de custos operacionais.

De acordo com o edital, o leilão será feito em um modelo híbrido. Ou seja, vencerá o certame quem oferecer a menor tarifa de pedágio e o maior valor de outorga pela concessão.

Serão leiloados os trechos da BR-153, que vai de Aliança do Tocantins (TO) até Anápolis (GO), o trecho da BR-414 que vai de Assunção de Goiás (GO) até Anápolis/GO e o trecho da BR-080 que vai do entroncamento com a BR 414 em Assunção de Goiás até o entroncamento com a BR 153.

O projeto prevê 9 praças de pedágio em: Aliança (TO), Figueirópolis (TO), Talismã (GO), Santa Tereza de Goiás (GO), Uruaçu (GO), São Luiz do Norte (GO), Jaraguá (GO), Barro Alto (GO) e Planalmira (GO).

O edital também prevê, entre outros pontos, a aplicação de descontos aos usuários do sistema de pagamento automático de pedágio. A tecnologia permite a passagem no pedágio sem a necessidade de parar na cabine.

A tecnologia será aplicada para os veículos das categorias leves (automóveis e caminhonetes, com reboque ou semirreboque, motos e triciclos), que utilizam a rodovia para a realização de deslocamentos frequentes, usualmente entre municípios próximos, com distâncias de percurso menores que as dos trechos de cobertura das praças de pedágio.

 

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.