Sábado, 08 de Maio de 2021 12:55
61 99943-0207
Geral Infraestrutura

DNIT entrega 150,18 km de pista revitalizada na BR- 343, no Piauí

Foram realizados serviços de Recuperação, Restauração e Manutenção na rodovia

08/03/2021 07h37
Por: Redação Fonte: DNIT
Foto : Divulgação/DNIT
Foto : Divulgação/DNIT

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT, entrega nesta terça-feira (02), 150,18 quilômetros de pista revitalizada no subtrecho que vai do povoado Estaca Zero, km 429,60 até Floriano, km 579,78, na BR-343, no Piauí.

O segmento é muito importante para as cidades que ficam localizadas no sul do estado, pois se trata de um corredor de ligação entre essa região e o norte do estado, passando pela capital Teresina e indo até o litoral do Piauí.

Para a revitalização do segmento foi elaborado um projeto CREMA, que contempla a execução de serviços de restauração combinados com a manutenção, cuja solução foi a execução de uma capa asfáltica em CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente) em praticamente toda a extensão do subtrecho. Em apenas 12 km, foi executado um micro revestimento. Os serviços realizados na rodovia tiveram o custo de aproximadamente R$ 40.000.000,00.

A Rodovia - A BR-343 é uma rodovia diagonal do Piauí, que liga o litoral ao sul do estado. Seu ponto inicial fica na cidade de Luís Correia/PI e o final na cidade de Bertolínia/PI, passando pela capital Teresina, com uma extensão total de 742,8 km. É uma rodovia genuinamente piauiense, tendo início e fim dentro do estado.

Importância - Além de fazer a ligação da capital ao litoral, proporcionando o desenvolvimento do turismo, a BR-343/PI também faz a ligação de Teresina à região dos cerrados no sul do estado, onde se concentra o agronegócio no Piauí, atividade que vem crescendo a cada ano e impulsionando a economia com a produção de grãos, especialmente a soja.

No Estado do Piauí, a BR-343 dá acesso aos municípios de Luís Correia, Parnaíba, Piracuruca, Piripiri, Campo Maior, Altos, Teresina, Água Branca, Demerval Lobão, Monsenhor Gil, Lagoa do Piauí, Pedro II, Angical do Piauí, Amarante, Floriano, Jerumenha e Bertolínia, dentre outros.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.