Sábado, 10 de Abril de 2021 08:49
61 99574-8903
Geral Geral

DER abre envelopes da licitação das terceiras faixas da PR-092

Propostas de preço variaram entre R$ 39,9 milhões e R$ 47,9 milhões. Sete empresas e consórcios estão disputando obra que beneficia os Campos Gerai...

10/03/2021 21h36 Atualizada há 1 mês
Por: Redação Fonte: Secom Paraná
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) abriu nesta terça-feira (09) as propostas de preços da licitação das obras de ampliação da capacidade e segurança da PR-092, entre Jaguariaíva e Santo Antônio da Platina, da região dos Campos Gerais ao Norte Pioneiro. Sete empresas e consórcios estão participando, com valores entre R$ 39,9 milhões e R$ 47,9 milhões. O orçamento máximo para esta obra, conhecida como terceiras faixas da PR-092, era estimado em R$ 51 milhões.

As propostas estão sendo analisadas por uma comissão de julgamento e serão classificadas de acordo com o valor, do menor para o maior. O resultado dessa análise será publicado em breve em diário oficial e no portal Compras Paraná, já convocando as melhores classificadas para a abertura dos envelopes com os documentos de habilitação.

A publicação do resultado também dá início a um prazo de cinco dias úteis para apresentação de recursos, seguido de outros cinco dias úteis para contrarrazões, caso haja recursos.

OBRAS– Dezesseis segmentos considerados críticos da PR-092 irão receber as terceiras faixas em um total de 15,44 quilômetros. São locais com rampas ascendentes, onde são registrados mais acidentes devido a ultrapassagens, e afundamento de trilho de roda devido à aceleração e frenagem dos veículos.

Nestes locais as obras incluem a reciclagem da base do pavimento com a incorporação de revestimento asfáltico com espuma asfáltica e cimento com adição de brita, seguida pela aplicação de geogrelha de poliéster e uma camada de Concreto Asfáltico Usinado a Quente (CAUQ) polimerizado.

Também será reforçada a sinalização, com soluções que incluem a adequação e implantação de placas, faixas, tachões, defensas metálicas, atenuadores de impacto, faixa em alto relevo e melhorias de delineamento de curvas. E para melhorar a drenagem destes segmentos, serão substituídos os dispositivos existentes e implantadas novas sarjetas de corte, para evitar o acúmulo de água na pista.

A previsão para concluir a obra é de 360 dias corridos, após assinatura da ordem de serviço.

PROGRAMA– A obra integra o novo Programa de Revitalização da Segurança Viária do DER/PR, que atualmente está licitando iniciativas semelhantes em outras duas rodovias: na PRC-280, de Palmas a Marmeleiro e em União da Vitória, um investimento de R$ 35 milhões; e na PR-323, entre Doutor Camargo e Iporã, um investimento de R$ 91,5 milhões.

Ao todo serão destinados R$ 177,6 milhões ao programa, que conta com recursos do financiamento de R$ 1,6 bilhão do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, a iniciativa Avança Paraná, e também com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), por meio do Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transportes do Paraná, para as obras na PRC-280.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.