Quarta, 21 de Abril de 2021 17:15
61 99943-0207
Geral Geral

Serviços em rodovias de Ivaí favorecem escoamento da produção

Serviços estão em andamento em trecho da PRC-487 e da PR-522, trazendo mais segurança e conforto para moradores de Ivaí e região e vão favorecendo ...

11/03/2021 19h15 Atualizada há 1 mês
Por: Redação Fonte: Secom Paraná
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) executa serviços de melhorias na PRC-487, trecho estadual da Estrada Boiadeira, e na PR-522, rodovias que ligam o município de Ivaí à BR-373, na região dos Campos Gerais. Cerca de R$ 4 milhões serão investidos no trecho, que tem extensão de 31,76 quilômetros.

Os serviços são realizados como parte do lote 3 do programa Conservação de Pavimentos (COP) do DER/PR, e incluem remendos, reperfilagem, microrrevestimento, desconfinamento lateral de bordo e sinalização horizontal.

“Ivaí é um dos muitos municípios paranaenses que têm sua economia voltada principalmente para a agropecuária, com destaque para a soja, feijão, milho, fumo, trigo e erva-mate, bem como a criação de gado e de suínos. Por meio da conservação de rodovias garantimos que os ivaíenses possam escoar sua produção com segurança e tranquilidade até um grande corredor de transporte de cargas”, afirma o secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, Sandro Alex.

Remendos são executados nos pontos com trincas, buracos e ondulações. Nos superficiais é feita a fresagem e recomposição do pavimento com Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ). Nos remendos profundos ocorre a substituição da sub-base do pavimento por uma nova camada de brita graduada a seco (BGS), antes dos serviços no pavimento.

A reperfilagem é a aplicação de uma massa asfáltica, compactada para nivelar a superfície da pista de rolamento, corrigindo deformações e selando fissuras. No microrrevestimento é aplicada uma mistura asfáltica a frio, com uma espessura menor, que rejuvenesce e preserva o pavimento, melhorando a aderência de pneus à pista.

O desconfinamento lateral de bordo consiste na melhoria no sistema de drenagem da rodovia, e acontece com a remoção de uma camada de solo vegetal nas laterais das pistas, com dimensão de um metro de largura por 30 centímetros de espessura. Ele facilita o escoamento de água para o terreno natural.

Na sinalização horizontal são realizados os serviços de pintura de linhas e faixas com tinta acrílica.

“Ao todo, estamos investindo mais de R$ 34 milhões nos serviços do lote 3 do programa COP. Ele atende 431 quilômetros de rodovias, em uma área muito ampla, com trechos em Wenceslau Braz, Telêmaco Borba, Cândido de Abreu e também nas proximidades de Ponta Grossa, como é o caso de Ivaí, Ipiranga e Teixeira Soares”, explica o diretor-geral do DER/PR, Fernando Furiatti.

As melhorias beneficiam diretamente os cerca de 14 mil habitantes de Ivaí e do distrito de Bom Jardim do Sul.

OBRA– No outro extremo da Estrada da Boiadeira, na região Noroeste, está em andamento a pavimentação entre Icaraíma e o distrito de Serra dos Dourados. O investimento é de cerca de R$ 220 milhões, resultado de convênio entre Governo Federal, Governo do Estado e a Itaipu Binacional, e inclui também dois novos contornos, em Icaraíma e em Santa Eliza, além de obras de arte especiais.

A obra contempla ainda a reciclagem do pavimento e implantação de acostamentos entre Porto Camargo e Icaraíma. A extensão total do trecho é de 46,91 quilômetros.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.