Terça, 20 de Abril de 2021 08:00
61 99943-0207
Geral Infraestrutura

DNIT estabelece procedimentos e padroniza informações na ferramenta para modernizar o gerenciamento de obras

Novo modelo de relatório possibilitará que a Autarquia se antecipe aos problemas e resolva pendências antes que elas afetem os empreendimentos

17/03/2021 14h12
Por: Redação Fonte: DNIT
Foto : Divulgação/DNIT
Foto : Divulgação/DNIT

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) dá continuidade a transformação do acompanhamento de obras e do aprimoramento da gestão de seus contratos nas rodovias federais do país. A Autarquia elaborou uma nova Instrução Normativa de gerenciamento de empreendimentos. Este normativo estabelece procedimentos a serem adotados pelos contratos de gerenciamento e padroniza o relatório emitido. O novo modelo possibilita padronizar as informações, garantindo que os dados estejam detalhados e organizados para se trabalhar na gestão de riscos.

Com esse procedimento será possível se antecipar aos problemas, podendo resolver pendências antes que elas cheguem nas obras. Terá uma atuação junto às supervisoras, tendo uma visão global da situação das obras, o que garantirá uma informação mais transparente e detalhada à população, aos usuários e aos gestores.

Desse modo, a ferramenta de gestão deixa de ter uma visão pontual e passa a ter uma visão global, uma vez que as informações serão consolidadas por obras, empreendimentos e Estado por parte do Gerenciamento. Isso refletirá na melhoria do fluxo da informação no processo de acompanhamento e na efetividade da gestão de obras, proporcionando, ao gestor, maior segurança na tomada de decisão.

Em 2020, o DNIT desenvolveu a nova versão da Supervisão Rodoviária Avançada (SUPRA) e deixou a ferramenta mais moderna, precisa e inteligente. Estes novos relatórios de gerenciamento também serão incorporados a ferramenta. A nova versão já está disponível pelo domínio supra.dnit.gov.br.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.