Quinta, 22 de Abril de 2021 08:37
61 99943-0207
Geral Geral

Obras da Perimetral Leste de Foz do Iguaçu avançam em três pontos do projeto

Nova rodovia que liga a BR-277 à nova ponte entre Brasil Paraguai terá 15 km de extensão e está prevista para agosto de 2022. Três trechos já inici...

18/03/2021 10h16 Atualizada há 1 mês
Por: Redação Fonte: Secom Paraná
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Iniciadas em 11 de março, as obras da rodovia Perimetral Leste, em Foz do Iguaçu, têm avançado em três diferentes pontos da sua extensão. A nova estrada ligará a rodovia BR-227 à segunda Ponte Internacional Brasil – Paraguai.

Com previsão de entrega para agosto de 2022, a Perimetral Leste terá cerca de 15 km de extensão e deverá diminuir o fluxo de caminhões na área urbana ao leste da cidade, permitindo que veículos pesados vindos da Argentina e do Paraguai possam acessar diretamente a BR-277.

Os trechos em obras passaram pela etapa de demarcação dos terrenos em fevereiro, e agora estão sob os trabalhos de limpeza das camadas vegetais da área. No trecho mais avançado, onde será erguido o viaduto de acesso à Ponte Tancredo Neves, a obra já passou para a etapa seguinte, que executa a escavação e movimentação da terra (terraplanagem).  

O investimento da obra é previsto em R$ 104,06 milhões, custeados com recursos da Itaipu Binacional. A obra é parte de um pacote de investimentos de R$ 1 bilhão por parte da hidrelétrica no Oeste paranaense. O objetivo é promover o desenvolvimento da região. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER/PR) é o órgão responsável pela fiscalização da execução da obra.

EM OBRAS –Os três pontos do projeto que já iniciaram as obras são:

  • O viaduto de acesso à Ponte Tancredo Neves, na intersecção com a Ponte do Paraguai e com a Avenida das Cataratas. Neste ponto, a obra está em fase de movimentação de terra, realizando cortes e aterros com material local. Neste ponto, também já foi iniciada a escavação do espaço que vai receber os blocos de fundação do viaduto;
  • O trecho de 3,48 km paralelo à Avenida Perimetral Leste, localizado entre as estacas 452 e 626 da linha geral do eixo. Neste ponto, a estrada está em fase de limpeza da camada vegetal;
  • O trecho entre as estacas 33 e 38, próximo à nova ponte Brasil-Paraguai. Neste local, a equipe está em fase de retirada de arbóreas e camada vegetal.

No total, são mais 100 colaboradores envolvidos nas etapas iniciais dos três trechos selecionados. Entre eles, estão engenheiros, operadores de equipamentos, serventes, técnicos, carpinteiros e armadores.

PRÓXIMAS ETAPAS –Após a supressão vegetal, as obras passam para os serviços de terraplenagem e drenagem, que serão realizados simultaneamente. Com a finalização da estrutura do viaduto de acesso à Ponte Tancredo Neves, as obras se iniciam em um novo trecho próximo ao Viaduto da Avenida das Cataratas (BR-469). Nesta fase, serão necessários desvios de tráfego na estrada para possibilitar a execução.

O projeto da rodovia prevê um contorno ao leste do perímetro urbano de Foz do Iguaçu partindo da nova ponte ao Paraguai. O percurso de 15 km passa pelos seguintes pontos: Av. General Meira, acesso à Ponte Tancredo Neves, Av. das Cataratas (BR-469), Av. Felipe Wandscheer, Av. República Argentina e BR-277. A obra também inclui a execução de duas novas aduanas nas fronteiras do Brasil com Argentina e Paraguai.

INVESTIMENTOS –A nova rodovia perimetral é parte de um pacote de investimentos de R$ 1 bilhão da Itaipu Binacional para a região Oeste do Paraná, que tem como objetivo acelerar o crescimento da região. Os compromissos foram firmados junto ao Governo do Estado, responsável pela gestão das obras.

O pacote também envolve a construção da segunda ponte entre Brasil e Paraguai, a duplicação da Rodovia das Cataratas (BR-469), a ampliação da pista de pouso e decolagem do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu.

Há mais cerca de R$ 1 bilhão programado pela Itaipu Binacional para os próximos anos na região Oeste. Esses compromissos vultosos foram assumidos pela usina em parceria com o Governo do Estado e atendem um dos seus principais objetivos, que é o desenvolvimento econômico dos municípios que integram sua área de atuação.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.