Quinta, 24 de Junho de 2021 13:28
61 99943-0207
Geral INSTITUCIONAL

DNIT estreia em plataforma de armazenamento de dados abertos do governo federal

Página foi desenvolvida em software livre

20/03/2021 14h33
Por: Redação Fonte: DNIT
Foto : Divulgação/DNIT
Foto : Divulgação/DNIT

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) lançou nesta semana um ambiente virtual próprio dentro do portal de dados do governo federal para o armazenamento do seu conjunto de dados abertos. A página foi criada pela Coordenação-Geral de Tecnologia da Informação da autarquia utilizando a plataforma CKAN (Comprehensive Knowledge Archive Network), um software gratuito e livre que permite a personalização e configuração da estrutura para o recebimento das informações dos órgãos públicos. A criação da plataforma atendeu aos princípios de gestão da informação e seguiu as orientações sobre dados abertos do governo federal.

Antes da instalação do CKAN no ambiente do DNIT, os dados eram enviados manualmente para o portal. A partir de agora, esse processo é feito de forma automática e mais ágil.

O CKAN é uma ferramenta livre para criação de repositórios de dados abertos, mantida pela Open Knowledge Foundation, uma rede colaborativa sem fins lucrativos, promotora do conhecimento livre. É uma das plataformas mais utilizadas por governos no mundo. No Brasil, a sua utilização é indicada pela Infraestrutura Nacional de Dados Abertos (INDA) e já implementada em entidades federais, estaduais e municipais.

Dados Abertos – Em fevereiro deste ano, o DNIT publicou os dados previstos em seu Plano de Dados Abertos - PDA. Os cidadãos podem acessar as informações relativas ao andamento de obras, condições do pavimento, contagem de tráfego, controle de velocidade, jurisdição de vias e pesagem pela plataforma.

As informações públicas do DNIT estão disponíveis nos formatos .csv ou .pdf e agora estão hospedadas no ambiente CKAN.
O objetivo de permitir o acesso a esses dados em formato aberto é promover transparência ativa e permitir maior controle social pelos cidadãos.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.