Quinta, 22 de Abril de 2021 07:13
61 99943-0207
Saúde Saúde

Protesto pela reabertura do comércio dá nó em trânsito de BH

Empresários saíram em carreata da Pampulha até a Praça da Liberdade, na região Central da capital mineira

31/03/2021 19h34 Atualizada há 3 semanas
Por: Redação Fonte: R7 - Talysa Lima*, da Record TV Minas, com Célio Ribeiro*, do R7
Grupo interditou viaduto na chegada do Centro de BH - (Foto: Vinícius Rangel / Record TV Minas)
Grupo interditou viaduto na chegada do Centro de BH - (Foto: Vinícius Rangel / Record TV Minas)

Um grupo de empresários realizou, nesta terça-feira (31), um protesto pedindo a reabertura do comércio não essencial em Belo Horizonte.

Os cerca de 500 manifestantes se reuniram na avenida Abrahão Caram, na Pampulha e, de lá, saíram em carreata até a Praça da Liberdade, na região Centro-Sul da capital mineira. Segundo os orgazanidores, foram quase 300 carros que, em comboio, passaram pelas avenidas Antônio Carlos, Afonso Pena e Brasil.

Grande parte dos manifestantes usava roupas com as cores da bandeira do Brasil e carregavam cartazes com frases como “Estamos Quebrados” e “Lutamos pelo Direito de Todos”. Alguns deles também traziam faixas de apoio ao presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido).

Veja: CDL compreende fechamento em BH mas pede ações da prefeitura

De acordo com a BHTrans (Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte), o grupo chegou a interditar por quase duas horas um dos viadutos do Complexo da Lagoinha, que liga a avenida Antônio Carlos ao Centro da capital. Agentes do órgão foram até o local para providenciar um desvio e negociar a liberação da via, que só desobstruída às 15h30.

Em nota, a Prefeitura de Belo Horizonte lamentou os impactos econômicos causados pela pandemia da covid-19, mas ressaltou que a prioridade é “oferecer assistência à população e preservar vidas”. O executivo afirmou que uma flexibilização só será estudada após melhora e estabilidade nos índices de monitoramento do novo coronavírus.

*Estagiários sob supervisão de Pablo Nascimento

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.