Sábado, 23 de Outubro de 2021
Geral Piauí

Governo do Estado pavimenta via que liga Rio Grande do Piauí a Pavussu

Estão sendo investidos mais de R$ 5 milhões e a conclusão dos serviços está prevista para o mês de junho deste ano.

28/04/2021 às 13h37 Atualizada em 28/04/2021 às 13h46
Por: Redação Fonte: Secom Piauí
Compartilhe:
Foto : Reprodução/Governo do Piauí
Foto : Reprodução/Governo do Piauí

O Governo do Piauí, por meio da Secretaria de Estado dos Transportes (Setrans), executa obras da rodovia PI-248, que liga as cidades de Rio Grande do Piauí a Pavussu. Estão sendo investidos mais de R$ 5 milhões, recursos oriundos da operação crédito com o BNDES. A conclusão dos serviços está prevista para o mês de junho deste ano.

O governador Wellington Dias comemora o andamento das obras que vai permitir a ligação asfáltica de um dos últimos municípios que precisava receber esta melhoria. “Um dia sonhei com todos os municípios do Piauí integrados por asfalto. Era um sonho impossível para muitos, não para mim. Pois sabia que eu não sonhava só. Eram apenas 66 municípios de 224 com asfalto e trabalhamos juntos. Muitas mãos e muitas lutas e hoje Pavussu é o município de número 223 com asfalto. Logo logo irei lá inaugurar esta obra do PRO Piauí. E estamos recuperando toda a malha viária do estado”, ressalta o gestor.

O superintendente da Secretaria dos Transportes, Gustavo Aquino, explica que estão sendo pavimentados 25,6 km da via. “A obra tem como principal objetivo a melhoria das condições de tráfego, uma vez que o município de Pavussu é uma região produtora importante. Os investimentos irão garantir mais segurança aos condutores e moradores que residem às margens da rodovia”, destacou Aquino.

A ação faz parte do planejamento do Governo do Estado para melhorar os principais corredores de tráfego do Piauí, por meio do programa de investimentos PRO Piauí.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários