Sábado, 08 de Maio de 2021 14:13
61 99943-0207
Geral Amazonas

Governo do Amazonas trabalha na recuperação de trecho do km 30 da Rodovia AM-240, em Balbina

A obra na estrada AM-240 é realizada pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra), em Balbina.

04/05/2021 07h19 Atualizada há 4 dias
Por: Redação Fonte: Secom Amazonas
Governo do Estado recupera trecho do km 30 da Rodovia AM-240 em Balbina - Foto: Divulgação/Seinfra
Governo do Estado recupera trecho do km 30 da Rodovia AM-240 em Balbina - Foto: Divulgação/Seinfra

O Governo do Estado está realizando obras de recuperação da pista no trecho do Km 30, na Rodovia AM-240, conhecida como Estrada de Balbina, que liga a sede do município de Presidente Figueiredo à Vila de Balbina. A obra ocorre, após parte da via apresentar rachaduras e risco de desabamento.

A obra é realizada pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra), por meio do contrato CT-0001/2020, que corresponde a conservação e manutenção na rodovia.

A rachadura devido ao rompimento de um bueiro antigo, com mais de 20 anos, causando desbarramento na lateral e afundamento da via, foi identificada há cerca de 25 dias pela Seinfra, que imediatamente determinou a recuperação do trecho, evitando que a via desabasse. Parte da estrada no Km 30 foi interditada e os veículos estão transitando por meio de um desvio lateral, devidamente sinalizado.

Os serviços se concentram na implantação de duas alas paralelas em concreto medindo 3m x 2,5m, que substituirão os bueiros antigos, visto que neste trecho da rodovia existe um igarapé que precisa ser conduzido por baixo da pista.

Para evitar novos rompimentos, a Seinfra trabalha reforçando o pavimento no Km 30, com previsão de conclusão para junho deste ano.

AM-240

Conhecida como Estrada de Balbina, a rodovia possui 79,45 quilômetros de extensão e liga a sede do município de Presidente Figueiredo à Vila de Balbina.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.