Quinta, 23 de Setembro de 2021 02:54
61 99943-0207
Geral Paraná

No aniversário de Maringá, governador libera R$ 13,1 milhões para recape e novas pontes

São dois convênios para ações de intervenção urbana no município. Um deles, autoriza o recapeamento de 128 ruas em 25 bairros diferentes. O outro p...

10/05/2021 13h08 Atualizada há 4 meses
Por: Redação Fonte: Secom Paraná
© Jonathan Campos/AEN
© Jonathan Campos/AEN

Maringá está em festa. A cidade mais populosa da região Noroeste, com cerca de 430 mil habitantes, completou 74 anos nesta segunda-feira (10). Para celebrar esse momento, o governador Carlos Massa Ratinho Junior assinou em um evento na sede da prefeitura do município dois convênios para obras de infraestrutura.

Um deles, autoriza o recapeamento de 128 ruas em 25 bairros diferentes. São mais de 282 mil metros quadrados de requalificação asfáltica. O outro prevê a construção de duas pontes em concreto, além de obras de encabeçamento e contenção, sobre o Rio Ribeirão Pinguim, no limite entre Maringá e Sarandi. O investimento total por parte da Secretaria de Estado da Infraestrutura e Logística será de R$ 13.116.880,70, com contrapartida municipal de R$ 1,7 milhão.

“Maringá é uma das mais importantes cidades do Paraná e um exemplo para o Brasil. Limpa, organizada e com um potencial econômico impressionante. Não à toa já foi reconhecida como a cidade com a melhor qualidade de vida do País. A liberação desses recursos são um presente para ajudar na melhoria da qualidade de vida de todos os paranaenses que moram no município”, destacou Ratinho Junior.

“E, claro, Maringá é um cartão de visitas do Estado. Se Maringá vai bem, o Paraná vai bem", acrescentou o governador.

Ele lembrou que os convênios formalizados agora encorpam um grande pacote de intervenções urbanas em Maringá coordenados pelo Governo do Estado. Citou a duplicação na PR-323, principal ligação entre as regiões Norte e Noroeste do Paraná. As obras de 6,3 quilômetros, entreDoutor Camargo e o Rio Ivaí, já estão em andamento, com investimento de R$ 38,3 milhões, fruto da parceria com o Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID).

A obra complementa a recente liberação para o tráfego em um trecho de 9 quilômetros já duplicados na chegada a Doutor Camargo, parte de uma duplicação de 20,7 quilômetros. “A PR-323 não teve mais melhorias desde o século passado. Ter uma rodovia moderna trará inúmeros benefícios na atração de investimentos e no desenvolvimento regional”, afirmou o governador. “São mais de R$ 200 milhões em obras e investimentos na região da Grande Maringá”.

“É um trabalho comum entre prefeitura e Governo. E quem ganha com isso é a população e o Noroeste do Estado”, completou o prefeito de Maringá, Ulisses Maia.

OUTRAS OBRAS– O Governo do Estado, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR), publicou edital em abril para contratar a elaboração de projeto e execução da obra de duplicação da PR-317, entreMaringá e Iguaraçu.

A licitação prevê a duplicação em uma extensão de 21,82 quilômetros, cinco quilômetros de vias marginais, interseções em desnível, cinco retornos, duas passarelas e a duplicação da ponte sobre o Rio Pirapó. A Associação Comercial e Industrial de Maringá (ACIM) doou o anteprojeto, já revisado pelo DER/PR. O processo licitatório será no próximo dia 25 de maio, com estimativa de investimento de R$ 200 milhões.

“É a única entrada de Maringá que ainda não foi duplicada. Essa ação vai resultar na construção de uma nova artéria no Paraná, colaborando com o escoamento de tudo o que é produzido no Noroeste”, disse o governador.

Há em andamento, ainda, estudos para implementação do Trevo Catuaí – o planejamento prevê a construção de uma interseção em desnível para o local. O projeto executivo, elaborado pela prefeitura de Maringá, foi entregue nesta segunda-feira (10) ao governador Ratinho Junior.

“Um projeto definitivo, que vai melhorar a mobilidade da região. São mais de R$ 40 milhões em investimentos que irá reformular a saída de Maringá para Paranavaí”, afirmou o secretário de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex.

CONTORNO SUL– O Governo do Estado já investiu R$ 13,4 milhões para melhorar as condições de trânsito na região que concentra cerca de 30 mil habitantes. As obras já foram concluídas e não envolveram apenas um simples recape, mas a substituição completa de todas as camadas (fresagem e recomposição), inclusive da base, para garantir renovação completa do asfalto ao longo de um trecho de 11,8 quilômetros.

Está prevista também um novo Contorno Sul para a cidade, mas desta vez incluso no lote 4 das novas concessões rodoviárias do governo federal, ligando a PR-317 ao município de Marialva. A previsão é que o processo na Bolsa de Valores ocorra ainda neste ano.

“Pensamos no investimento regional, não só de Maringá. É essa estruturação única que impacta na vida dos paranaenses”, arrematou o prefeito de Maringá, Ulisses Maia.

PRESENÇAS– Participaram do ato de assinatura dos convênios os secretários Guto Silva (Casa Civil) e Beto Preto (Saúde); o diretor-geral do DER-PR, Fernando Furiatti; os deputados federais Ênio Verri, Luiz Nishimori e Sargento Fahur; os deputados estaduais Evandro Araújo, Soldado Adriano José, Doutor Batista, Do Carmo e Delegado Jacovós; o vice-prefeito de Maringá, Edson Scabora; o presidente da Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense (Amusep) e prefeito de Atalaia, Fábio Fumagalli; além de lideranças políticas e empresariais da região.

 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.