Domingo, 13 de Junho de 2021 23:16
61 99943-0207
Mercado Meio Ambiente

Bridgestone reforça sua estratégia de sustentabilidade por meio de projetos de reciclagem

Ações estão alinhadas ao compromisso global de responsabilidade social da companhia

16/05/2021 09h32
Por: Redação
Foto: Reprodução/Internet
Foto: Reprodução/Internet

No Dia da Reciclagem (17 de maio), a Bridgestone, líder em mobilidade sustentável e soluções avançadas, reforça seu compromisso com a sustentabilidade como parte de sua estratégia global. O Marco 2020 de sustentabilidade da companhia, que tinha como um dos objetivos atingir o aterro zero em todas as unidades, foi alcançado entre 2019 e 2020. Além disso, os projetos desenvolvidos estão alinhados ao compromisso de responsabilidade social da companhia, Nosso Jeito de Servir, e a Bridgestone Brasil segue trabalhando sua gestão de resíduos visando o Marco 2030, com metas para reduções adicionais no impacto ambiental, promovendo a economia circular e a jornada rumo ao carbono neutro, por meio de tecnologias e inovação.

Bridgestone Camaçari

Por meio de iniciativas como campanhas para redução do uso de copos descartáveis, conscientização sobre a coleta seletiva e a implementação de um biodigestor que trata uma média de 15 toneladas de resíduos orgânicos ao mês, a unidade baiana da Bridgestone, inaugurada em 2007, alcançou, em 2020, a reciclagem de 100% dos resíduos gerados pelo processo de produção da planta.

Os resíduos de borracha, negro de fumo, papel, papelão e plástico são reciclados por meio de empresas parceiras especializadas. Já a madeira, tem aproveitamento energético em fornos de cerâmica. Os itens que não são passíveis de reciclagem direta são tratados em uma blendagem para coprocessamento – todos processos de destinação ecologicamente correta.

Bridgestone Santo André

Em direção à economia circular, a planta de Santo André, a primeira fábrica de pneus da Bridgestone no Brasil, inaugurada em 1940, desenvolve projetos como o processo de compostagem, em que cerca de 177 toneladas de resíduos são transformados em adubo orgânico, utilizado, em parte, nos jardins e canteiros da planta. 

Além disso, a unidade reduziu os resíduos orgânicos gerados no restaurante em 14% e, desde 2020, iniciou um projeto junto a empresas parceiras para destinação ambientalmente responsável de resíduos de produção com maior grau de dificuldade de separação, como a lona de aço. Os resíduos de nylon, componente utilizado em camadas de pneus, é doado para artesãos locais para produção de trabalhos de artesanato como bolsas, joias, cintos e brincos. A lona de nylon é aproveitada na fabricação de pneus de empilhadeira, retornando para o uso da própria Bridgestone. 

Já o resíduo de madeira é transformado em subprodutos utilizados na fabricação de móveis, assim como plásticos e papéis transformam-se em novas embalagens, big bags de matéria-prima retornam ao fornecedor e, no fim de sua vida útil, são destinadas para reciclagem para a confecção de subprodutos automotivos. Campanhas de conscientização também são promovidas entre os colaboradores, que podem levar à unidade o óleo de cozinha utilizado em sua residência para reciclagem.

Bridgestone Bandag

Desde 2020, as duas fábricas Bandag em Campinas e Mafra, responsáveis pela produção das bandas de rodagem da companhia, alcançaram 100% de resíduos reciclados e o aterro zero. Entre as iniciativas que contribuíram para estes resultados estão o treinamento de coleta seletiva, mapeamento das entradas e saídas de materiais e o monitoramento da geração de resíduos.

Os materiais orgânicos gerados nas fábricas são levados para compostagem para serem processados e transformados em adubo para o jardim. Pallets de plástico se convertem em granulado para fabricação de baldes e embalagens e a borracha vulcanizada em sola de sapato e asfalto. Papel, plástico e madeira também são reciclados.

Reciclagem de pneus inservíveis

No Brasil, 100% dos pneus inservíveis tem destinação ambientalmente correta, por meio do programa de coleta da Reciclanip, uma instituição criada pela ANIP (Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos), da qual a Bridgestone é associada. Entre as destinações corretas está a reciclagem dos pneus para uso em campos de futebol, solas de sapato, pisos e tapetes de borracha.

“A destinação correta e a reutilização de resíduos em nossas plantas faz parte de nossa estratégia para a preservação do meio ambiente, promoção da mobilidade e inovação do segmento automotivo”, afirma Janaína Braga, Gerente de Meio Ambiente e Segurança da Bridgestone Latin America South. 

Para o futuro, as plantas continuarão desenvolvendo e aprimorando projetos com foco na redução, reutilização, reciclagem e tratamento de resíduos sólidos, além de estimular e conscientizar os integrantes da unidade para incorporar os hábitos sustentáveis não apenas na Bridgestone, mas também em seu dia a dia.

 

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp.

 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.