Sexta, 22 de Outubro de 2021
Geral Desburocratização

MTI desenvolve solução de integração ao Registro Nacional de Veículos em Estoque

Com a solução, Mato Grosso se torna o 5º estado a integrar o sistema, que possibilita mais segurança no processo de compra e venda de veículos

27/05/2021 às 14h33 Atualizada em 27/05/2021 às 14h39
Por: Redação Fonte: Secom Mato Grosso
Compartilhe:
- Foto por: Christiano Antonucci / Secom-MT
- Foto por: Christiano Antonucci / Secom-MT

A Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI) em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detram-MT) desenvolveu uma solução tecnológica para que o Estado integrasse o sistema de Registro Nacional de Veículos em Estoque (Renave). A solução possibilita que cidadãos tenham mais segurança no processo de compra e venda de veículos.

O desenvolvimento da solução contou ainda com o apoio do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro). Com isso, o Detran-MT já está integrado ao Renave, o que beneficia diretamente mais de 800 estabelecimentos de compra e venda de veículos no Estado.

O Renave é um subsistema do Registro Nacional de Veículos Automotores (RENAVAM) criado em 2020 e coordenado pelo Denatram com a finalidade de viabilizar a escrituração eletrônica de entrada e saída de veículos dos estabelecimentos que atuam no ramo de comercialização de veículos. Um dos pontos positivos do sistema é a agilidade e simplificação no processo de transferência, redução de custos, desburocratização e mais segurança do processo de transferência e venda.

Por meio do Renave, a transferência de propriedade, que poderia demorar semanas, é realizada automaticamente de forma ágil e segura. O estabelecimento comunica a compra ou a venda do veículo e o sistema se encarrega de checar nas bases estaduais e na base nacional, possíveis impedimentos, além de informar sobre débitos ou restrições.

Segundo o presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos, o sistema deverá coibir a sonegação, pois permite a transferência de veículos de forma eletrônica para concessionárias e revendedoras, garantindo a lisura e agilidade no processo. “O sistema é um marco da desburocratização na área de trânsito”, afirmou.

Para o diretor-presidente da MTI, Antônio Marcos de Oliveira, a solução mais uma vez coloca Mato Grosso na vanguarda da tecnologia. “Mato Grosso é o quinto estado, entre os todos os entes federativos a integrar o sistema que deixa todos os processos mais seguros, rápidos e ágeis. É sem dúvida, um grande serviço prestado a população”, disse.

Este projeto foi objeto de atividade realizada em conjunto entre a Diretoria de Veículos do Detran-MT, responsável pela definição das regras do processo e pela equipe da MTI responsável pela sustentação do Sistema DETRAN-NET, liderados pelos analistas de T.I. Emanuel Daubian e Israel Ferreira.

 

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp.   

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários