Quinta, 23 de Setembro de 2021 02:34
61 99943-0207
Trânsito Infraestrutura

Em um ano, maior concessão rodoviária brasileira reestrutura trecho Piracicaba-Panorama

Eixo SP já recuperou pavimento de 1,2 mil quilômetros de faixas

11/06/2021 09h48 Atualizada há 3 meses
Por: Redação Fonte: Eixo SP
Em um ano, maior concessão rodoviária brasileira reestrutura trecho Piracicaba-Panorama

A maior extensão rodoviária do país sob concessão completou o primeiro ano de operação no dia 4 de junho. Além de contribuir com o impulsionamento da economia regional, por meio de mais de 8 mil postos de trabalho diretos e indiretos criados, a Eixo SP Concessionária de Rodovias, detentora do lote PiPa – Piracicaba-Panorama, superou os resultados esperados na primeira fase do PII – Plano Inicial de Investimentos, com intensa intervenção no pavimento e faixa de domínio. 

 

São reparos programados como fresagem e recomposição, microrrevestimento e tapa-buracos, que totalizam 1.200 quilômetros de faixas, equivalente a 44,44% de toda extensão, de 2.700 km, que incluem os dois sentidos do eixo principal das 12 rodovias e vias de acesso secundário.

 

Para isso foram utilizados 245 mil metros cúbicos de massa asfáltica, volume que preenche 20 mil caçambas de caminhões. Em comboio, esse número de veículos, se transportassem de uma vez toda essa matéria, formariam um congestionamento de 387 quilômetros. 

 

A Eixo SP corrigiu desníveis em 891 km de acostamentos pavimentados e 248 de não pavimentados, que ampliam a segurança nas manobras de emergência. Recuperou mais de 400 passivos ambientais de forma colaborar com o meio ambiente, bem como a condição operacional mais segura.

 

O projeto de readequação da malha rodoviária em caráter emergencial segue agora sua segunda etapa, com a conclusão prevista para junho de 2022. Até lá estarão mobilizadas, diariamente, equipes de obras das regionais de Itirapina, São Pedro, Marília e Martinópolis, que abrangem rodovias como a SP-310 – Washington Luís (Cordeirópolis-São Carlos); SP-225 – Engenheiro Paulo Nilo Romano (Itirapina-Jaú); SP-294 – Comandante João Ribeiro de Barros (Bauru-Panorama) e SP-425 – Assis Chateaubriand (Parapuã-Presidente Prudente).

 

Serviços  

No ano um de concessão, a Eixo SP prestou 154.666 mil serviços. Destes, 29.780 (19,25%) correspondem a chamados de guincho. As solicitações de atendimento pré-hospitalar somam 7.836 (5%) e socorro mecânico, 21.660 (14%). A pronta resposta ao usuário é demonstrada pelo tempo médio de chegada do recurso ao local de chamada: 12 minutos para guincho e cinco minutos para ambulância e socorro mecânico.

 

Contato do usuário com a Concessionária, o telefone 0800 170 8998 foi acionado 74.320 vezes. Nestas ligações foram esclarecidas dúvidas sobre a operação, fornecidas informações sobre rotas e trechos em obras ou registradas sugestões e solicitações.    

 

A Eixo SP oferece 32 bases do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAUs). Estes postos avançados, referência para o auxílio ao usuário, o que inclui serviços de guincho e resgate, com equipes 24 horas à disposição, receberam em um ano 40.671 usuários, entre viajantes de carro, caminhoneiros motociclistas, ocupantes de vans e ônibus, ciclistas e pedestres. 

 

O CCO – Centro de Controle de Operações, apurou que 54,58% destes usuários (22.199) viajavam a trabalho, enquanto outros 40,44% (16.450) estavam a passeio. “A Eixo SP é a maior concessão rodoviária do país. A responsabilidade de cuidar de uma malha deste tamanho inclui a complexidade de atender a diferentes perfis de usuários que circulam todos os dias por uma extensão, que corta praticamente toda a região central do Estado de São Paulo. O balanço do primeiro ano é satisfatório, mas importantes mudanças vão oferecer daqui em diante uma nova experiência ao motorista, seja com as obras de ampliação, até as instalações e tecnologia para aproximar o time da Concessão de seus usuários”, afirma Sergio Santillan, diretor-presidente da Eixo SP. 

 

Conservação

A conservação rodoviária modificou o cenário dos mais de 1.200 quilômetros de rodovias administrados pela Eixo SP logo na fase inicial de gestão. Em um ano, as frentes de trabalho registraram serviços dos mais diversos, entre eles, a limpeza nos sistemas de drenagem e reparos de 483 pontes e viadutos. A desobstrução e recuperação de calhas de drenagem e bueiros ultrapassam 1.000 quilômetros de extensão. 

 

A limpeza e revitalização de 19 mil m2 de sinalização vertical também abrangem todo o trecho. Mais de 15 quilômetros de defensas metálicas danificadas foram recuperadas ou substituídas e mais de 69 quilômetros de defensas foram implantadas. A poda e remoção de vegetação identificada como risco ao motorista nos mais de 1.200 quilômetros é realizada de forma continuada. Toda a extensão da concessão recebeu limpeza mecanizada da faixa de domínio.   

 

Infovia   

A Eixo SP está em preparação para se tornar uma das rotas mais conectadas do Brasil. As ferramentas inovadoras vão oferecer ao motorista mais comodidade e segurança.

Na reta final da instalação do fibramento ótico, que farão a conexão de ponta a ponta do corredor rodoviário com a central de operação, a pronta resposta às demandas do motorista serão atendidas a partir de 1.079 câmeras de monitoramento e sinal wi-fi que serão instalados ainda neste ano. 

 

A tecnologia também estará presente nas pistas automáticas de pedágio. O DUF – Desconto de Usuário Frequente, é um sistema inédito no país. Na prática, veículos de passeio (categoria 1) com passagem nas pistas automáticas começarão a receber descontos a partir da segunda passagem pela mesma praça e mesmo sentido. Os valores terão redução progressiva até a 30ª passagem, no mesmo mês. Além disso, hoje já é praticado pela concessionária o desconto de 5% nas passagens pelas pistas automáticas.

 

 

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp.  

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.