Sexta, 22 de Outubro de 2021
Qualificação Profissional Capacitação

CEO da Transportadora Andrade afirma que há muitas vagas no mercado para motorista capacitados e especializados

O setor de transportes exige cada vez mais capacitação

03/07/2021 às 09h14 Atualizada em 24/09/2021 às 09h55
Por: Camila Pimentel
Compartilhe:
Antônio Lodi, CEO da Transportadora Andrade
Antônio Lodi, CEO da Transportadora Andrade

Atuar no segmento de transportes no Brasil é sempre um desafio, e se manter neste setor por mais de 50 anos é um feito histórico, como é o caso da Transportadora Andrade, localizada em Minas Gerais. A empresa foi fundada em 1967 por Joaquim Alves de Andrade e atualmente é administrada pela terceira geração de proprietários e possui as certificações SASSMAQ e ISO 9001, certificados pela ABNT.

E, visando sempre fortalecer o mercado, o CEO da Transportadora Andrade, Antônio Lodi, falou ao Portal On Truck sobre a importância da capacitação para se manter neste setor que necessita cada dia mais de profissionais especializados e capacitados. Confira a entrevista abaixo:

 

On Truck - Quais os cursos essenciais para a profissão? 

Antônio Lodi - Para o setor de RH é desejável formação em curso superior em recursos humanos, gestão de pessoas ou psicologia. Além disso, é aconselhável cursos complementares nas áreas de gestão de equipes, liderança, skills, recrutamento e seleção.

 

On Truck - Você poderia apresentar um pouco do processo de contratação dentro da sua empresa? O processo é automatizado, existe alguma dificuldade em analisar diversos currículos? Quais são os testes aplicados para esse candidato? 

Antônio Lodi - O processo de seleção inicia-se no recebimento dos currículos que é feito em plataforma digital própria. Todos os currículos são inicialmente analisados verificando itens de preenchimento obrigatórios para a vaga, tais como cursos, formação, experiência, dentre outros. Após esta seleção é feita uma rápida pesquisa do histórico pessoal e profissional do candidato, averiguando suas experiências em cada empresa. O terceiro passo é a entrevista com o gestor que, através de guia orientativo, verifica-se aderência do candidato à vaga. Em seguida faz-se entrevista com o profissional de psicologia e testes psicológicos. Após esta etapa, o gestor e o psicólogo se reúnem para discutir pontos importantes sobre o candidato entrevistado e definir se este está apto para a próxima etapa. Após isso, faz-se testes práticos conforme o cargo ofertado. Por exemplo, todos os motoristas devem passar por teste prático de direção com motorista instrutor que avalia suas habilidades, técnicas e comportamentos. Em seguida, o candidato passa por bateria de exames que podem variar de cargo para cargo. Por fim, já contratado, o colaborador passa por treinamentos e programa de inclusão cultural da empresa. 

 

On Truck - Quanto tempo em média demora o processo de recrutamento e seleção? 

Antônio Lodi - Em média 30 dias. 

 

On Truck - Há problemas em recrutar e selecionar jovens motoristas? 

Antônio Lodi - Sim, cada vez mais temos dificuldades de encontrar jovens na profissão de motoristas, principalmente com cursos profissionalizantes.  

 

On Truck - Sobram vagas de motoristas por falta de motoristas qualificados? 

Antônio Lodi - Sim, atualmente o mercado possui muitas vagas para motoristas capacitados. Da mesma maneira sobra candidatos sem formação e experiência. O mercado está cada vez mais exigente e por isso todo motorista profissional deve ser capacitado e atualizado. Quem estiver fora deste escopo está fora do mercado.  

 

On Truck - Quantos anos de experiência mínima, para contratação de motoristas para trabalhar na sua empresa? A empresa possui curso de formação de motoristas? 

Antônio Lodi - Mínimo de 1 ano na categoria. Possuímos curso de formação de motoristas que desejam passar da categoria D (caminhões) para E (articulados). Por pré-requisito de contratos com embarcadores não oferecemos formação para motoristas sem experiência.  

 

On Truck - Qual experiência inovadora pode contribuir com a profissão e eficiência dos serviços? 

Antônio Lodi - Utilização de meios digitais é a bola da vez. Processos seletivos, entrevistas e testes já estão sendo feitos de maneira remota. Treinamentos e capacitações também são feitos de maneira digital e na palma da mão, pelo uso do celular. Possuímos academia de transporte em nosso site, onde o profissional poderá encontrar uma infinidade de cursos específicos para nossa atividade. Além disso, diversos processos que permeiam nosso dia a dia já estão em formato digital, tais como check list, diálogos de segurança, dentre outros. 

 

On Truck - A tecnologia integrada aos sistemas operacionais do caminhão, ajuda na relação entre motorista e empresa contratante? 

Antônio Lodi - Sim. A tecnologia é indispensável e grande aliada das empresas de transportes. Desde o controle de jornada, telemetria, análise do modo de condução, câmeras embarcadas e sensores diversos contribuem para um melhor desempenho do motorista, bem como para uma operação mais segura. Todos estes sistemas em conjunto proporcionam uma melhor avaliação do grupo e permitem plano de ações corretivos e preventivos mais assertivos. 

 

On Truck - Como enxerga o futuro dos modelos de contratações para com os motoristas de caminhão? Entrevistas presenciais ainda são fundamentais para se definir uma contratação? 

Antônio Lodi - Algumas etapas do processo ainda deverão ser presenciais, pois requer análise do comportamento e linguagem corporal. Porém, atualmente devido ao atual cenário, grande parte do processo já é feito a distância. Para o futuro, enxergo que será necessário cada vez mais capacitações e cursos, principalmente voltados ao uso de tecnologias e inteligência artificial.

  

On Truck - Após essa crise que todo o país está passando, que tipo de incentivo as empresas podem dar aos seus contratados na área de prestadores de serviço de transporte? 

Antônio Lodi - Programas de capacitação e novos modelos de trabalho são a aposta para o futuro. Acredito que a formação voltada ao uso de tecnologia é o destino para os profissionais de transporte. No futuro, os motoristas serão operadores, o que inevitavelmente exige melhor preparo e experiência digital. 

 

On Truck - Atualmente qual seria a melhor forma para vocês receberem as propostas dos candidatos? Se possuir mais de uma forma, qual é mais utilizada pelos candidatos? (WhatsApp, E-mail, Pessoalmente, Aplicativo ou plataforma de terceiros) 

Antônio Lodi - Atualmente recebemos as propostas única e exclusivamente através de nosso site.

 

 

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários