Sábado, 23 de Outubro de 2021
Negócios Pedágio

Pedágios de SP ampliam opções de pagamento com cartão

EcoRodovias aceita todos os cartões de crédito, débito e pré-pagos

16/07/2021 às 09h59 Atualizada em 26/09/2021 às 09h57
Por: Redação Fonte: Setcesp
Compartilhe:
Foto: Reprodução Internet
Foto: Reprodução Internet

O pagamento de pedágios com cartão tem uma boa novidade em São Paulo. Agora, a EcoRodovias aceita todos os cartões de crédito, débito e pré-pagos. A opção é para as vias Anchieta e Imigrantes, administradas pela Ecovias. Bem como Ayrton Senna e Carvalho Pinto, concedidas à Ecopistas.

Assim, o pagamento pode ser feito sem contato físico. Com o uso da tecnologia de aproximação. Ou seja, a NFC.

Portanto, é possível pagar o pedágio com cartão e telefone celular. Bem como com o uso de pulseira inteligente ou relógio (smartwatch).

Adesão em alta

Seja como for, o serviço estava em fase de teste, desde maio de 2020. Porém, alguns pedágios só aceitavam cartão de débito, por exemplo. Segundo a EcoRodovias, a novidade é fruto de uma parceria com a Visa.

De acordo com a concessionária, a facilidade é para qualquer tipo de veículo. Ou seja, inclui ônibus, caminhões e outros modelos para carga. Bem como motocicletas.

Segundo a EcoRodovias, o sistema de pagamento foi aprovado pela Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp). Ou seja, em breve outras rodovias também poderão usar essa solução.

Seja como for, a novidade foi bem aceita pelos usuários. No sistema Anchieta-Imigrantes, por exemplo, o pagamento por aproximação cresceu 13% no primeiro semestre de 2021. Segundo a concessionária, apenas na primeira quinzena de junho, 8,62% dos motoristas utilizaram essa facilidade.

Menos tempo no pedágio

Da mesma forma, houve aumento da adesão no corredor Ayrton Senna-Carvalho Pinto. Assim, em junho 7,7% dos motoristas usaram o pagamento por aproximação. Ou seja, a alta foi de, em média, 14% nos primeiros seis meses do ano.

Para a concessionária, o pagamento por aproximação proporciona praticidade. Bem como segurança e segundo o Grupo EcoRodovias, uma das vantagens é a agilidade para o motorista. Assim, o veículo fica menos tempo no pedágio e, com isso, aumenta a fluidez do tráfego.

Além disso, a novidade reduz a circulação de dinheiro nas cabines de pedágio. De acordo com dados das concessionárias, o tempo médio necessário para pagamento é de 8 segundos. Ou seja, um terço mais rápido do que os 12 segundos de limite determinados pela Artesp.

 

 

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários