Sábado, 24 de Julho de 2021 01:56
61 99943-0207
Geral Rodoanel

Governo de MT e Federal vão investir R$ 204,9 milhões para retomar obras do Rodoanel

Contrapartida da União será de 60% do valor da obra e do Estado os outros 40%

18/07/2021 10h47 Atualizada há 6 dias
Por: Redação Fonte: Secom Mato Grosso
Foto: Mayke Roscano/Secom-MT
Foto: Mayke Roscano/Secom-MT

O governador Mauro Mendes e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, assinaram neste sábado (17.07) a ordem de início de serviço que vai retomar a elaboração de projetos e execução da obra do Contorno Norte de Cuiabá e Várzea Grande, conhecido como Rodoanel, paralisada desde 2006. O investimento será de R$ 204,9 milhões, com recursos oriundos do Estado e da União.

Também assinaram a ordem de serviço o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Antônio Leite dos Santos Filho, e os representantes do Consórcio MT Sul – SBS Engenharia – Future ATP – Vereda, durante evento no Palácio Paiáguas.

De acordo com Mauro Mendes, retomar tão importante obra para a região Metropolitana de Cuiabá é mais um resultado das medidas adotadas logo no início da gestão, de implantação de uma agenda fiscal dura e de recuperação fiscal, que pudesse reequilibrar as contas do Governo do Estado.

“Essas dificuldades apareceram e superamos. Por isso estamos aqui dando ordem de serviço e tenho certeza de que daqui a um tempo estaremos lá, comemorando essa obra pronta. O Governo tem feito um esforço gigantesco para consertar o Estado.  Essa é uma obra que começou lá em 2006, teve muitas confusões e estamos aí, olha que coisa vergonhosa, 15 anos depois. Uma vergonha para todos nós e para todo o Brasil.   É uma obra impactante e importante, que vai ter um olhar muito especial para que o prazo e qualidade sejam cumpridos”, afirmou o governador.

A ordem de serviço prevê a elaboração dos projetos básico e executivo de engenharia, além de obras de melhoria viária e de artes especiais, em uma extensão de 21,5 quilômetros da BR-163/364,em Várzea Grande, até o entroncamento da MT-251, em Cuiabá. Este é o primeiro lote de obras do Rodoanel, que vai melhorar a trafegabilidade na região metropolitana de Cuiabá, segundo Mendes.

“Essa obra será uma das mais importantes obras estruturantes para Cuiabá e Várzea Grande. É uma obra que muito provavelmente daqui a 50 anos teremos certeza de que todos que estão atuando para que ela aconteça terão o orgulho de saber a importância e o impacto que ela vai trazer na vida de todos que vivem aqui no complexo Cuiabá - Várzea Grande e milhões de pessoas que passarão de maneira mais tranquila e segura por esse anel viário que estamos construindo”, disse o governador.

Segundo o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, a emissão da ordem de serviço de mais uma obra em Mato Grosso é fruto da importante relação que a atual gestão do Governo do Estado tem junto ao Governo Federal, que percebe o crescimento do Estado e seu grande potencial econômico.

 

Situação que possibilita, segundo o ministro, a aplicação de vultosos investimentos em obras rodoviárias. Somente para a retomada das obras do Rodoanel, aproximadamente R$ 73 milhões já foram destinados pela União e estão na conta do Governo do Estado.  Os recursos complementares a serem investidos pelo Estado também já estão assegurados.

“A pujança dessa cidade e a grandeza do Estado precisam da BR-163 adequada às condições de tráfego e de demanda. O grande passo está sendo dado hoje. Os Governos Federal e Estadual estão empenhados e vão caminhar de braços dados. Essa parceria vai render muitos frutos. E assim as soluções vão sendo construídas. Essa é uma visita de resultados, de esperança e que vai trazer transformações para Mato Grosso. Aqui temos um Brasil que dá certo. Parabéns, governador, por mais essa obra, essa conquista que vai ser feita em parceria com o Governo Federal. Uma parcela importante do dinheiro já está na conta e parabenizo a todos por essa grande realização”, disse o ministro.

O secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, lembrou que a retomada das obras só foi possível em razão do grande trabalho para adequação de anteprojeto e para esclarecimentos das dúvidas do Tribunal de Contas da União, que já havia determinado a suspensão de outros contratos e licitações, sob a alegação de irregularidades e inconsistências, que tentaram retomar a obra.

“Em 2006 foi iniciada a obra; em 2011 assinou o convênio e em 2013 licitou e contratou o novo projeto para concluir a obra. Porém, o TCU apontou indícios de ilegalidades processuais e sobrepreço e a obra foi novamente paralisada. Em 2015, o contrato foi rescindido. Em 2017, apresentaram um novo conceito de qualidade da obra, quando o DNIT aceitou o anteprojeto. Já em 2019, assumimos a atual gestão e seguimos as determinações do DNIT. Licitamos, esclarecemos todas as dúvidas e solicitações da auditoria do TCU uma dezena de vezes. Tudo isso para que, hoje, pudéssemos estar aqui dando início a essa obra”, esclareceu Marcelo de Oliveira.

Ainda segundo o secretário, além do esforço de proporcionar toda lisura e transparência na contratação da obra, ainda foi possível obter uma importante  economia de recursos públicos aos cofres do Estado.  “Quero ressaltar que todas as dúvidas levantadas pelo TCU, a Sinfra respondeu. Não deixamos nenhum questionamento sem resposta. E ainda conseguimos, na licitação, obter a economia. A obra estava orçada em R$ 237 milhões e tivemos economia de aproximadamente R$ 33 milhões.  Mais um resultado do trabalho do Governo e Mato Grosso”, disse.

Ao todo, o projeto do Rodoanel prevê a implantação de 21,5 quilômetros do trecho da BR-163/364 e duplicação da pista em pavimento rígido. Em razão dessa duplicação, também deverão ser construídos dois viadutos na BR-163/364, dois viadutos na MT-010 e duas pontes sobre o Rio Cuiabá. Também está prevista a construção de uma trincheira na Avenida Antártica e três retornos/passagens em desnível. A execução de todas obras somente se iniciará após a aprovação dos projetos de engenharia pela Sinfra.

Representando o consórcio executor das obras, Márcio Bozetti assegurou que vai cumprir todas as exigências de prazo e, acima de tudo, de qualidade da obra. “Estamos felizes em participar desse projeto e engajados nessa construção primordial na ligação dos municípios e de todo o trafego pesado que passa dentro de Várzea Grande. Mato Grosso é um grande estado, um grande produtor. Acreditamos muito nesse Estado. Sabemos do nosso compromisso e vamos fazer uma obra com qualidade, segurança e respeito ao cidadão, além de aliar tecnologia à engenharia”, encerrou.

Diretamente beneficiado pela obra, o município  de Várzea Grande vai ter um salto de desenvolvimento, segundo o prefeito Kalil Baracat, que considera essa a maior obra de infraestrutura já executada pelo Governo de Mato Grosso na região.  Isso porque vai desafogar o trânsito de veículos de carga que circulam pelo perímetro urbano de  Várzea Grande, já que todo o tráfego pesado da Rodovia dos Imigrantes (MT-040) terá outra rota pelas rodovias federais.

“Quero parabenizar o governador. Uma obra importante para Cuiabá e Várzea Grande. Vai dar mobilidade urbana para ambas as cidades. Temos um tráfego bem pesado na Rodovia dos Imigrantes e essa obra vai ajudar muito. Com isso, teremos melhor mobilidade urbana agregada à nossa cidade. Isso se deve à grande gestão que o governador Mauro Mendes está fazendo em Mato Grosso. Reequilibrou as financias e está investindo em Mato Grosso. Só tenho a agradecer a todos vocês que estão olhando para a região metropolitana, inclusive Várzea Grande, com obras que vão melhorar a qualidade de vida do cidadão várzea-grandense”, afirmou o prefeito.

Também participaram do evento o secretário nacional de Transportes Terrestres Marcello Costa, e os senadores Carlos Fávaro e Wellington Fagundes, além do deputado federal Neri Geller.

Participaram ainda os secretários Mauro Carvalho (Casa Civil), Laíce Souza (Secom) e César Miranda (Sedec), Jordan (Gabinete do Governo) e os presidentes Werner Santos (MT Par) e Alberto Nespoli (Ager).   Também estiveram presentes os deputados estaduais Max Russi, Wilson Santos, Xuxu Dalmolin, Dr. Gimenez e Ondanir Bortolini, além de vereadores e outras autoridades.

Confira a cronologia, ano a ano, da situação do Rodoanel

 

 

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp. 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.