Segunda, 20 de Setembro de 2021 07:32
61 99943-0207
Emprego & Educação Capacitação

Com o mercado de trabalho cada vez mais exigente, a TransJordano investe em treinamento dos seus motoristas

Transportadoras estão a cada vez mais envolvidas em processos de modernização e capacitação de seus profissionais

07/08/2021 09h48
Por: Camila Pimentel
Joyce Bessa, TransJordano
Joyce Bessa, TransJordano

Segundo um estudo do LinkedIn, mídia social focada em conexões para o mercado de trabalho, ano passado, a profissão motorista apareceu na décima posição no ranking de profissões em alta. Ou seja, com o crescimento da profissão do setor de transportes, os motoristas devem cada vez mais investir em capacitação.

 

Nos últimos cinco anos, a demanda por profissionais do transporte teve um aumento de aproximadamente 68%. O mercado de trabalho está cada vez mais exigente, e consequentemente, o nível de qualificação vem se tornando maior. 

 

No segmento do transporte rodoviário de cargas, a capacitação de motoristas é essencial para diminuir os custos e para promover uma distribuição eficiente de mercadorias. Hoje, não basta ter uma habilitação, é necessário treinamento. 

 

Veja também:

Empresa fundada por um ex-caminhoneiro, conta como seleciona novos motoristas

Você sabe quanto um caminhoneiro ganha por mês?

Você motorista que procura emprego sabe como se comportar numa entrevista de emprego?

 

De acordo com o LinkedIn, o motorista que deseja obter sucesso deve conhecer técnicas de relacionamento com o cliente e dominar conceitos tecnológicos com facilidade. 

 

Para Joyce Bessa, head de gestão estratégica, finanças e pessoas da TransJordano, transportadora especializada em transporte de combustíveis, o treinamento é fundamental para o motorista entender os processos da empresa. 

 

“Assim eles estarão capacitados para entender a dinâmica da empresa, como funciona a operação que ele atenderá, quais serão as regras que ele vai cumprir, o que a transportadora espera dele e qual o propósito e a missão da transportadora. Tudo isso também serve como forma de engajar esse profissional e fazer com que ele se sinta parte da empresa em que atuará”. 

 

O setor de transporte rodoviário de cargas é responsável por aproximadamente 7% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. Além disso, o segmento é o principal meio de abastecimento do mercado e da indústria e movimenta cerca de 65% de tudo o que é produzido no país. Isso cria uma enorme responsabilidade para os profissionais da estrada e pede que eles estejam devidamente treinados para atender às crescentes demandas vindas do mercado. Esse desafio do treinamento também é das transportadoras, que precisam criar uma estrutura especializada para desenvolver esses profissionais. 

 

Segundo Bessa, o treinamento precisa ser oferecido por profissionais especializados, com acompanhamento constante durante o período. “Na TransJordano, o motorista fica uma semana em treinamento teórico, no qual ele estuda desde assuntos gerais, como regras de saúde e dicas e normas de segurança, até questões de comportamento e atendimento ao cliente. Todo esse processo é acompanhado por um profissional específico. Depois disso, o motorista ainda passa por um período de treinamento prático, que é acompanhado por um padrinho e por um motorista monitor”.

 

O mundo corporativo opera como um ciclo, e preparar funcionários faz com que as empresas se desenvolvam e alcancem o sucesso. As transportadoras estão cada vez mais envolvidas em processos de modernização, de capacitação de seus profissionais e principalmente de treinamentos dos motoristas. 

 

“O setor de transporte de cargas é de fundamental importância para o desenvolvimento econômico do país, razão pela qual cada vez mais os clientes exigem das transportadoras profissionalismo, tecnologia e gestões eficazes. Para isso, as empresas precisam se aprimorar, e isso passa fundamentalmente pelo treinamento adequado dos motoristas. Esse processo é de grande importância para o sucesso das transportadoras”, finalizou Joyce Bessa.

 

 

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp.  

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.