Quinta, 27 de Janeiro de 2022
Geral Concessão

Consulta pública para concessão de rodovias no RS recebe mais de 1,4 mil contribuições

Processo de escuta da população recebeu sugestões em três audiências públicas virtuais e mais de 80 reuniões de trabalho

05/08/2021 às 09h14 Atualizada em 05/08/2021 às 11h21
Por: Redação Fonte: Secom Rio Grande do Sul
Compartilhe:
Internet
Internet

O período de consulta pública para a concessão de 1.131 quilômetros de rodovias estaduais à iniciativa privada, promovido pelo governo do Rio Grande do Sul, encerrou no dia 31 de julho com o recebimento de 1.446 contribuições por parte da população. Ao todo, foram 878 encaminhadas via site da consulta ou audiências públicas, 494 solicitações de prefeituras e 74 por meio de ofícios e manifestações.

O processo de escuta da população recebeu sugestões em três audiências públicas virtuais e mais de 80 reuniões de trabalho (com entidades, associações e classe política, entre outros) e visitas a diversas regiões do Estado, durante o mês de julho. Além disso, a gestão do governo realizou market sounding para entender a visão do mercado em relação ao projeto.

Agora, o governo do Estado, por intermédio das secretarias de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG) e de Parcerias (Separ), responderá a todas as contribuições ao longo do mês de agosto. A próxima etapa será a revisão da minuta do edital, em parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

“O processo das concessões está sendo construído com base no diálogo. Percorremos o Estado ouvindo sugestões, críticas e apontamentos. Agora, vamos reavaliar nosso projeto inicial e montar o edital, com a definição dos locais das praças de pedágio e valores máximos das tarifas. Nossa meta é realizar o leilão das rodovias ainda em dezembro”, afirmou o secretário de Parcerias, Leonardo Busatto.

Serão investidos R$ 10,6 bilhões em 30 anos de concessão, sendo R$ 3,9 bilhões nos cinco primeiros anos, com a implementação de 687 quilômetros de duplicações e terceiras faixas. O bloco 1, que compreende rodovias das regiões Metropolitana e Litoral, além de Gramado e Canela, terá investimentos de R$ 3,9 bilhões durante a concessão. O bloco 2, que reúne estradas do Vale do Taquari, Passo Fundo e Erechim, receberá R$ 3,8 bilhões no período. E o bloco 3, rodovias da região da Serra, terá investimentos de R$ 2,9 bilhões na concessão.

Bloco 1
Abrange área onde está 13,3% da população do RS

• ERS-239 (km 13,23 ao km 88,77)
• ERS-474 (km 0 ao km 32,64)
• ERS-040 (km 11,24 ao km 94,85)
• ERS-115 (km 0 ao km 41,97)
• ERS-235 (km 0 ao km 74,49)
• ERS-466 (km 0 ao km 7,22)
• ERS-020 (km 3,95 ao km 95,40)
• ERS-118 (km 0 ao km 38,23)

Bloco 2
Abrange área com 17,5% da população

• ERS-130 (km 69,19 ao km 97,27)
• ERS-129 (km 67,55 ao km 163,34)
• RSC-453 (km 0 ao km 29,83 e 37,97 ao km 96,18)
• ERS-128 (km 13,89 ao km 30,27)
• ERS-135 (km 0 ao km 78,33)
• ERS-324 (km 188,12 ao km 292,13)
• BR-470 (km 152,87 ao km 158,96)

Bloco 3
Abrange área com 12,6% da população

• ERS-122 (km 0 ao km 168,65)
• ERS-240 (km 0 ao km 33,58)
• RSC-287 (km 0 ao km 21,49)
• ERS-446 (km 0 ao km 14,84)
• RSC-453 (km 101,43 ao km 121,41)
• BR-470 (km 220,50 ao km 233,50)

 

 

 

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp. 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários