Domingo, 26 de Setembro de 2021
Geral Fluxo pedagiado

Índice ABCR cresce 1,6% em julho de 2021

Fluxo de veículos leves avançou 1,4%, enquanto o de pesados caiu 1,4%

16/08/2021 às 09h59
Por: Redação Fonte: Setcesp
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O índice ABCR referente a julho de 2021 apresentou crescimento de 1,6% no comparativo com junho, considerando os dados dessazonalizados. O fluxo de veículos leves avançou 1,4%, enquanto o de pesados caiu 1,4%.

O índice que mede o fluxo pedagiado de veículos nas estradas é construído pela Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias – ABCR, juntamente com a Tendências Consultoria Integrada.

Comparado ao mesmo período de 2020, o índice total avançou 17,9%. O fluxo pedagiado de veículos leves subiu 24,2%, enquanto o fluxo de pesados cresceu 3,7%.

Nos últimos doze meses, o índice total acumula avanço de 4,1%, fruto da alta de 8,2% no fluxo de veículos pesados e de 2,6% no de veículos leves.

Assim, no acumulado do ano, o índice total subiu 12,7%, resultado determinado pela elevação de 11,8% na circulação de veículos pesados e de 13,1% de leves no período.

“Os dados mostram a continuidade da retomada do fluxo de veículos leves, diante do progresso da campanha de vacinação e melhora do quadro sanitário no País. Por outro lado, o fluxo de pesados começa a apresentar os impactos negativos da queda de desempenho do setor industrial”, afirma Andressa Guerrero, analista da Tendências Consultoria. “O fluxo de veículos pesados está 4% acima do patamar observado no pré pandemia, mas começa a exibir dificuldades em manter o ritmo de crescimento”, explica.

 

 

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Enquete