Domingo, 26 de Setembro de 2021
Geral Dourados/MS

Pavimentação na MS-162 garante acesso do aeroporto à BR-463

Governo já executou 60% das obras de pavimentação da MS-162, em Dourados.

19/08/2021 às 09h03 Atualizada em 19/08/2021 às 09h44
Por: Redação Fonte: Secom Mato Grosso do Sul
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul já executou 60% das obras de pavimentação da MS-162, em Dourados. A rodovia vai ligar o aeroporto, bem como as universidades UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) e Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) até a BR-463 (entre Dourados e Ponta Porã).

Para o secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel, o objetivo é facilitar o acesso de estudantes de municípios vizinhos às universidades e ao aeroporto. A medida também gera desenvolvimento.  “A rodovia vai interligar a região em via para Ponta Porã, contribuindo com o escoamento do setor agrícola local. Será um ganho importante aos produtores e também a população”, destaca.

Ao todo serão pavimentados 7,1 km da rodovia MS-162. A obra foi lançada em outubro do ano passado pelo governador Reinaldo Azambuja, com investimento de R$ 12,7 milhões e previsão de entrega neste ano.

Para o reitor da Uems, Laércio Alves de Carvalho, o empreendimento vai gerar ganho importante para o ensino superior. “As obras de asfaltamento da MS-162 impactam positivamente a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, pois beneficiarão toda nossa comunidade acadêmica, resultando em melhorias no tráfego da região. A obra poderá atrair investimentos a todo o entorno da Cidade Universitária de Dourados, bem como vai diversificar as rotas de transporte intermunicipal, uma vez que recebemos estudantes de vários municípios da região da Grande Dourados".

Panambi

Outra importante obra em execução em Dourados é a pavimentação asfáltica na rodovia MS- 477, que realiza um sonho aguardado há mais de meio século no Panambi. O distrito terá ligação à área urbana por meio do asfalto. A via dá acesso à Perimetral Norte “Ivo Anunciato Cersósimo” e aos municípios de Itaporã, Douradina, Fátima do Sul, Campo Grande e Ponta Porã.

Segundo o secretário estadual de Infraestrutura, os investimentos são importantes porque geram uma série de melhorias em diversos setores da economia. “Estamos falando de toda a movimentação econômica douradense e região, assim como a geração de emprego tanto de quem trabalha na obra como dos negócios que se potencializam com essa melhoria na infraestrutura, tanto no campo como na cidade e, de forma ainda mais importante e significativa, a segurança de quem transita por essa rodovia”, afirmou Riedel.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Enquete