Domingo, 26 de Setembro de 2021
Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados

Comissão debate consequências de mudanças na gestão do DPVAT

Vítimas de acidentes no trânsito, que reclamam das dificuldades em obterem suas indenizações

27/08/2021 às 17h08 Atualizada em 27/08/2021 às 17h14
Por: Redação Fonte: Agência Câmara de Notícias
Compartilhe:
Foto: Paula Fróes/Governo da Bahia
Foto: Paula Fróes/Governo da Bahia

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços da Câmara dos Deputados promove audiência pública nesta quarta-feira (1) para discutir as mudanças na gestão do DPVAT e suas consequências.

O debate será no plenário 5, às 16 horas, e poderá ser acompanhado de forma virtual pelo e-Democracia.

O deputado Zé Neto (PT-BA), que pediu a audiência, lembra que desde janeiro de 2021 a Caixa Econômica Federal assumiu a gestão dos recursos e pagamentos do DPVAT, após contrato firmado com a Superintendência de Seguros Privados (Susep), autarquia federal ligada ao Ministério da Economia que regula o mercado de seguros.

"Esta última alteração tem gerado diversas críticas, tanto por parte das vítimas de acidentes no trânsito, que reclamam das dificuldades em obterem suas indenizações, como por parte dos profissionais corretores de seguros, que prestavam serviços ao DPVAT, no âmbito da gestão da Seguradora Líder", que atuou como administradora do seguro por 13 anos, até dezembro de 2020.

 

Debatedores

Confirmaram presença na audiência os representantes dos Corretores de Seguros Parceiros do DPVAT do Estado de Rondônia, Lafaiete Gonçalves Pereira; do Paraná, Germano Lenz; e de Minas Gerais, Rafael Tadeu Campos.

Veja a lista completa de convidados.

 

Canal On Truck

 

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Enquete