Segunda, 20 de Setembro de 2021 08:32
61 99943-0207
Emprego & Educação EUA

Falta de caminhoneiros nos Estados Unidos pode atrair brasileiros

Já imaginou trabalhar dirigindo caminhão nos EUA e ganhar muito dinheiro? Isso não é um sonho impossível

11/09/2021 11h14 Atualizada há 1 semana
Por: Camila Pimentel
Reprodução
Reprodução

Todo mundo sabe que a economia no Brasil ainda está se recuperando das perdas da pandemia de Covid-19. O segmento de transporte foi um dos poucos segmentos que não parou, mas em compensação a alta da inflação e o aumento do preço dos combustíveis têm atingido diretamente o setor.

Hoje, no Estados Unidos, há uma enorme escassez de caminhoneiros, gerando uma grande crise no transporte rodoviário de cargas, fazendo com que as empresas do segmento, implorem ao governo para que flexibilizem a entrada de estrangeiros para suprir essa carência no país.

E para quem quer voar alto e seguir novos voos o caminho pode ser os Estados Unidos. E as dúvidas que surgem são:

 

Se eu já sou habilitado no brasil, posso dirigir caminhão nos EUA também?

Abaixo vamos apresentar para você como é o processo para ser caminhoneiro nos EUA.

O primeiro passo é ter o visto aprovado. Há duas maneiras de entrar na América já como caminhoneiro: pedir o visto EB-3 (imigração baseada em emprego de terceira preferência), ou seja, você já precisa ter uma empresa para trabalhar;

E a outra possibilidade é solicitar o visto e o EB-2 NIW (imigração baseada em emprego de segunda preferência com isenção de interesse nacional). Neste tipo de visto o motorista pode ser autônomo, no entanto necessitará comprovar os requisitos exigidos como experiência e provar que já recebeu salários como caminheiro, além de cartas de recomendação.

Visto aprovado agora é hora de tirar a habilitação americana para dirigir veículos pesados.

 

Como fazer para ser motorista de caminhão nos Estados Unidos?

O caminhoneiro precisa correr atrás da Commercial Driver’s License (CDL), que é a carteira habilitação que concede autorização para o motorista dirigir veículos de grande porte (ônibus e caminhões).

A CDL pode ser requerida no Department of Motor Vehicles (DMV) e custa em média US$ 75. Mas, nos Estado Unidos é preciso ainda fazer um curso teórico que custa em torno de U$2,500. Além disso, se você for motoristas autônomo os eu veículo precisa passar por vistorias e esse custo pode subir consideravelmente.

 

 

Vale a pena ser caminhoneiro nos EUA? Quanto um caminhoneiro ganha nos Estados Unidos?

Motorista de caminhão está entre as várias profissões disponíveis para estrangeiros.  De acordo com dados da Blommberg, trabalhar como caminhoneiro na América pode render um salário de até R$ 80 mil, por mês.

E por que esse mercado é tão promissor nos EUA? Porque existe uma carência de 65 mil caminhoneiros na América, e esse número pode chegar a 180 mil nos próximos 10 anos, de acordo com o Census Bureau, Departamento do Censo dos Estados Unidos.

Atualmente os EUA enfrentam um problema de logística. Com a falta de profissionais do segmento de transportes não há como garantir a entrega de todas as mercadorias solicitadas.

O problema está tão sério que a distribuidora de alimentos do McDonald´s está elevando suas taxas de entrega, o que pode elevar o preço das mercadorias, e tudo isso pela falta de motoristas na sua frota.

 

Veja também:

 

 

Tem brasileiro caminhoneiro nos EUA?

O Portal On Truck sempre esteve de olho no mercado americano de transportes tanto que em 2019 entrevistou o caminhoneiro César Simões, que é naturalizado americano.

Um dos benefícios de ser motorista de caminhão nos EUA, segundo César Simões é a eficiência do governo e não há muita burocracia com documentação de imposto. 

“O governo é eficiente. Tudo que o governo mexe é bem feito. Tive problema com uma nota e paguei na hora que fui abordado, o sistema liberou imediatamente. No Brasil isso não ocorre, pois o sistema é muito lento. São vários dias para o sistema reconhecer um pagamento”, destacou.

 

 

E mulher brasileira caminhoneira também

Caroline Ortega, mais conhecida como “Loira na Estrada”, é brasileira, mora nos Estados Unidos e dirigi caminhão lá no país do Tio Sam. Ela percebeu a escassez desse profissional no país e resolveu tirar sua habilitação para dirigir caminhão.

A caminhoneira foi entrevista pelo Portal On Truck em 2019 e falou sobre a infraestrutura e segurança das estradas americanas.  “O país oferece estrutura para os caminhoneiros em geral com paradas de caminhão e de descanso. Tem bastante vagas para estacionar, banheiros limpos e com chuveiro quente. E eles também fornecem toalhas de banho. As lojas de conveniência dos postos possuem um pouco de tudo. Além disso, os lugares para dormir geralmente são seguros”, afirmou a Loira na Estrada.

 

Afinal, por que faltam caminhoneiros nos Estados Unidos?

Segundo os dados do Bureau of Labor Statistics, a idade média de um motorista de caminhão nos Estados Unidos é de 55 anos, o que quer dizer que muitos desses que estão na ativa, irão se aposentar nos próximos 10 a 20 anos. 

Como a exigência do governo federal americano declara que você deve ter 21 anos, parecido com as regras brasileiras para CNH-E, para possuir uma licença de motorista comercial interestadual, deixa uma lacuna de 3 anos após o ensino médio, onde possíveis funcionários migram para outras oportunidades de emprego.

Outro fator demográfico relevante é que o setor costuma atingir apenas um pouco mais da metade da população ativa. Mulheres representam 47% da força de trabalho do país, mas representam apenas 6% dos motoristas de caminhão comercial. No Brasil, esse número é de 1% de mulheres caminhoneiras que atuam no seguimento.

Nesse caso, o estereótipo de que a indústria de transportes de carga é machista e não há espaço para mulheres, dificulta o interesse delas. Cabe às transportadoras convencerem as mulheres de que são bem-vindas, buscar meios de diminuir o preconceito e o desrespeito entre seus colegas, e mostrar que elas são necessárias para o trabalho. 

 

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp.

Canal On Truck

 

 

8 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.