Domingo, 24 de Outubro de 2021
Artigos Sabe a diferença?

Qual a diferença entre DUT, CRLV e ATPV? Não erre mais na compra e venda de um veículo

DUT, CRLV e o ATPV são os documentos recorrentes em transações de compra e venda

12/09/2021 às 12h24 Atualizada em 23/09/2021 às 16h27
Por: Micaela Lisboa
Compartilhe:
Qual a diferença entre DUT, CRLV e ATPV? Não erre mais na compra e venda de um veículo

Ao comprar um veículo, novo ou seminovo, os documentos são itens necessários para comprovação de aquisição. Você, que já comprou um, deve saber o que iremos falar neste artigo. O assunto aqui é falar daqueles documentos verdinhos, que muitos acham que são iguais e não são, na verdade se tratam do DUT e CRLV. Afinal de contas, o que são esses documentos?

 

Aqui você encontra:

 

  • O que é DUT?

  • Como preencher e os cuidados com o DUT

  • ATPV, o DUT digital

  • O que é CRLV

  • Como conseguir segunda via do CRLV

  • O uso do CRLV digital

 

Muita gente já cometeu erros na hora da compra e no preenchimento desses papéis, o que acaba ocasionando problemas junto ao Detran (Departamento Estadual de Trânsito) do seu estado. E foi justamente pensando em solucionar algumas dúvidas que decidimos trazer o tema para você, leitor, não errar na hora de lidar com a documentação. Então, vamos lá?

 

O QUE É DUT

 

Apesar de terem a aparência semelhante, os documentos têm funções diferentes. O  DUT é  o  Documento Único de Transferência, utilizado na hora da transferência de posse. Ele tem validade enquanto durar a vida útil do veículo , precisando apenas ser atualizado em casos de compra e venda para gerar assim, sempre um documento com o nome do novo dono. 

 

No verso do DUT, é registrado o nome do antigo proprietário do veículo, em caso de carros usados, por isso, é importante que ele esteja atualizado e regularizado sempre quando ocorrer uma nova venda, a fim de que você consiga vendê-lo quando quiser. Ao vender, o DUT será renovado para o nome do novo proprietário.

 

Caso você tenha comprado o veículo e não transfira dentro de 30 dias, é considerada infração grave, o que pode acarretar multas e pontos na carteira, além de poder ter veículo apreendido, caso for parado de acordo com Código de Trânsito Brasileiro.

 

DUT (Documento Único de Transferência)

 

COMO PREENCHER O DUT

 

Agora, você comprou o veículo e precisará preencher o tal DUT, parece simples, mas exige cuidado. Ao preencher o documento, você precisará fornecer as seguintes informações como:

 

  • O valor da venda do veículo;

  • Nome do comprador;

  • RG;

  • CPF ou CNJP;

  • Endereço da cidade onde será feita a entrega do documento e;

  • O reconhecimento de firma e as assinaturas do comprador e do vendedor.

 

Tenha muita calma na hora de preencher a DUT! Qualquer errinho por desatenção poderá causar dores de cabeça. Se você preencher algum dado incorretamente, ou se rasurar o documento, precisará encaminhar ao DETRAN, uma declaração assinada e autenticada que ateste o “preenchimento indevido” junto com o DUT e cópias do seu RG, CPF e comprovante de residência. Muito trabalho, portanto, cuidado!

 

Agora, se você eventualmente perder o DUT, pode solicitar uma segunda no DETRAN da sua cidade com a apresentação dos seguintes documentos originais e cópias autenticadas em cartório: 

 

  • CNH; 

  • RG; 

  • CPF;

  • Comprovante de residência e;

  • Decalque do motor e do chassi do veículo.

  • ATPV, o DUT digital



O DUT e a ATPV (Autorização para Transferência de Propriedade) são o mesmo documento. Tanto um, quanto o outro, servem para comunicar a compra e venda de um automóvel, a diferença é que a ATPV é inteiramente digital. Tudo começou em janeiro deste ano em que a Resolução nº 809, publicada em dezembro de 2020, entrou em vigor em janeiro de 2021, determinando a emissão digital dos documentos do veículo, como CRLV, Licenciamento Anual e o DUT. 

 

Portanto, seu uso em versão digital está liberado desde a primeira semana de janeiro de 2021, para aqueles que adquiriram um carro novo.

 

Saiba que a obrigatoriedade do uso da ATPV só é válida para os veículos registrados a partir de 4 de janeiro deste ano. Proprietários de veículos registrados até o dia 3 de janeiro de 2021 que possuem o DUT na versão impressa não precisam se preocupar, o documento ainda vale. Para a solicitar a ATPV cada estado possui sua maneira, importante procurar o DETRAN do seu estado para saber quais as regras vigentes da sua região. 

 

 Autorização para Transferência de Propriedade de Veículo (ATPV)

 

ENTENDA O QUE É O CRLV

 

Diferente do DUT, o CRLV é o Certificado de Registro de Veículos, que deve ser emitido anualmente, comprovando se o carro está licenciado naquele ano em curso. Com a implantação do sistema Renavam, na frente do documento, começou a ser registrado todas características do veículo, como por exemplo, a cor, ano, modelo, Renavam, numeração da placa e a espécie.

 

Agora, se você perdeu o CRLV, é possível solicitar a 2ª via pelo site do DETRAN do seu estado. Para isso, é necessário abrir um boletim de ocorrência, mediante o pagamento de uma taxa. 

 

O valor pode variar em cada região. Após a solicitação, será feita uma vistoria no veículo e também deverá ser preenchido o Renavam. 

 

Já que estamos vivendo em um mundo mais tecnológico, o CRLV tem seu formato digital e, dessa forma, tem todas as informações do documento impresso, como o licenciamento e a CNH com a mesma validade jurídica do físico. Para acessar o documento digital, o proprietário precisa ter quitado o licenciamento do veículo do ano em curso, expedido pelo Detran do estado. 

 

O CRLV Digital pode ser acessado pelo dispositivo móvel mesmo off-line, ou seja, sem internet. Pode ser baixado quantas vezes desejar, desde que tenha as informações corretas do veículo. Muito mais fácil não é? Mas cuidado! Caso seja parado e seu celular tenha descarregado, será considerado que não está portando o documento, causando penalidades graves.

 

Nós da On Truck trouxemos de forma clara e objetiva o que são os documentos básicos e fundamentais de um veículo, a fim de ajudar na hora de comprar ou vender. Caso tenha dúvidas na sua documentação, basta procurar o DETRAN do seu estado. Só cuidado na hora de portar seu veículo sem essa documentação, não esquecendo da CNH e dos documentos básicos.

 

Veja também:

 

Canal On Truck

 

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários