Domingo, 24 de Outubro de 2021
Artigos Artigo

Caminhão e Carreta: Há diferença entre eles?

Imaginário popular costuma achar que caminhão e carreta é a mesma coisa, porém, vamos mostrar que existem diferenças

18/09/2021 às 11h16 Atualizada em 23/09/2021 às 16h27
Por: Micaela Lisboa
Compartilhe:
Caminhão e Carreta: Há diferença entre eles?

As pessoas costumam chamar de caminhão qualquer veículo grande que transporte algum tipo de carga. Pelo imaginário popular, por exemplo, o bitrem é facilmente confundido por um caminhão. O que ninguém sabe é que o caminhão bitrem pertence a outra categoria de veículo. Mas afinal, o que é um bitrem?

 

Digamos que não é lá um tipo de veículo raro. Ele é muito comum em grandes centros de distribuição de comércio pelas cidades afora. Neste artigo, além de descobrir o verdadeiro nome do bitrem, você, leitor, irá saber as diferenças com os demais tipos de veículos de cargas, além das suas vantagens e desvantagens na hora de utilizá-lo. Então, bora lá entender mais?

 

Aqui você encontra:

- Diferença entre caminhão e carreta

- Modelos de carretas e suas qualidades

 

 

Diferença entre caminhão e carreta

Primeiro, a nomenclatura correta para os veículos bitrens é carreta. Sim!  O caminhão é totalmente diferente de carreta. Por ser o nome mais comum pensarmos que, pelo seu tamanho, é tudo igual. E não é! A principal diferença entre caminhão e carreta é que o primeiro é um veículo fixo e a carreta é um veículo articulado.

 

Os caminhões são constituídos por cabine, motor e a unidade de carga, chamada de carroceria. Pode ter dois ou três eixos e circular com, no máximo, 29 toneladas. Esses veículos são diversos como em seus tamanhos e modelos específicos, com carroceria aberta, em forma de gaiola, plataforma, baú, tanque... enfim, são muitos! 

 

Já com as carretas, as rodas de tração e a unidade de carga são separados, a parte que compõe a cabine, o motor e a unidade de tração é conhecida como cavalo mecânico  e a carga é chamada de semirreboque. Assim como nos caminhões, existem vários modelos de carretas que variam de acordo com as especificações das cargas.

 

Como possuem capacidade maior para cargas, as carretas variam o número de eixos do cavalo mecânico e do semirreboque, podendo chegar até aos sete eixos, que é o caso do caminhão bitrem. O bitrem possui, como diz o seu nome, dois semirreboques.

 

O diferencial do caminhão bitrem é que ele possui duas articulações, ou seja, é biarticulado. É constituído por um cavalo mecânico 6×4 — somando os três eixos que tracionam dois semirreboques, com três eixos em cada. Os semirreboques estão engatados por uma segunda quinta roda — motivo pelo qual ele se torna biarticulado: a quinta roda do caminhão e a quinta roda entre os dois semirreboques. Interessante, não?! Agora iremos identificar os tipos de carretas. 

 

Foto: DAF XF 105

 

Modelos de carreta

Além da força motriz, rodas de tração e motor do módulo de carga, as carretas se distinguem dos caminhões na quantidade de eixos, do cavalo mecânico e na quantidade de eixos do semi reboque. Para transportar cargas em carretas, há dois tipos de cavalos mecânicos: o extrapesado e o trucado. Veja:

  • O Cavalo mecânico extrapesado

O cavalo mecânico extrapesado é constituído de cabine, motor e rodas de tração com eixo simples, tendo apenas duas rodas. O cavalo mecânico extrapesado também é usado em uma carreta de três eixos. Ligada a um semirreboque de três eixos, essa carreta chega a 18,6 metros de comprimento e 41,5 toneladas de peso bruto máximo.

  • Cavalo mecânico trucado

Já o cavalo mecânico trucado tem eixo duplo no conjunto, o que permite o carregamento de cargas mais pesadas. Com o peso da carga do semirreboque distribuído por mais rodas, a pressão que cada um exerce no chão é menor.  O cavalo mecânico trucado é utilizado em:

  1. Carreta cavalo trucado: junto com um semirreboque de três eixos, medindo no máximo 18,6 metros de comprimento e 45 toneladas de peso bruto tolerado.

  2. Rodotrem: cavalo mecânico traçado de nove eixos ao todo, com três do conjunto do cavalo mecânico e outros dois trens engatados de três eixos. É permitido o transporte de até 74 toneladas de carga, agora o  bitrem em comparação ao rodotrem é mais leve e chega a ser mais barato, mas o volume de vendas no mercado interno é maior no rodotrem que custa em média R$ 200 mil.

 

Os dois semirreboques do rodotrem têm o mesmo comprimento. No bitrem, por uma questão de distribuição de carga, o semirreboque dianteiro é menor que o traseiro. Tanto o rodotrem como o bitrenzão devem ter no mínimo 25 m e no máximo 30 m. Mas há locais, como algumas rodovias de São Paulo, que não permitem essas composições trafegarem à noite se tiver mais de 26 m de comprimento.

  • Treminhão

O treminhão é um cavalo mecânico composto por três articulações, ou seja, o cavalo mecânico e outros três conjuntos. Ele consegue transportar até 57 toneladas e o semirreboque pode ser tracionado por um cavalo mecânico trucado.

 

Agora que você já conseguiu identificar o que é carreta e seus tipos de modelos, podemos identificar algumas vantagens na hora de utilizar  as carretas, principalmente o Bitrem como a manutenção com o pneu, por exemplo,que é 30% maior no rodotrem. 

 

O custo de manutenção é menor no bitrenzão porque ele tem poucos componentes em relação ao rodotrem que têm quinta-roda, dolly, engate e cambão que exigem lubrificação e são peças de desgaste que eventualmente devem ser trocadas. Os custos de operação no rodotrem, os dois semirreboques e o dolly devem ser emplacados. No bitrenzão apenas os dois semirreboques são emplacados.

 

E por fim, esperamos que esse artigo tenha auxiliado você leitor a ter conhecimento sobre esses grandes veículos que alimentam o comércio e movimentam a economia do nosso país. Até a próxima!

 

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp.

Canal On Truck

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários