Domingo, 24 de Outubro de 2021
Política Desestatização

Deputados aprovam R$ 2,8 bilhões para desestatizar metrô de Belo Horizonte

Deputados aprovaram crédito especial de R$ 2,8 bilhões que serão utilizados para reestruturação societária da CBTU

28/09/2021 às 08h40 Atualizada em 28/09/2021 às 08h51
Por: Redação Fonte: Agência Câmara de Notícias
Compartilhe:
Sessão virtual do Congresso Nacional - (Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)
Sessão virtual do Congresso Nacional - (Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)

Os deputados aprovaram, em sessão do Congresso Nacional, crédito especial de R$ 2,8 bilhões que serão utilizados para reestruturação societária da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU). Os senadores ainda devem analisar a proposta a seguir (assista ao vivo).

Resolução do Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos prevê a cisão parcial da CBTU na operação da Superintendência Regional de Belo Horizonte, responsável pelas operações do metrô. Os recursos serão usados na participação da União no capital da nova sociedade por ações a ser desestatizada.

 

Debate

O líder do PT, deputado Bohn Gass (PT-RS), reclamou da utilização de recursos públicos para desestatização do metrô de Belo Horizonte. "A proposta indiretamente repassa dinheiro público a empresas privadas", protestou.

Bohn Gass também insistiu que a Comissão Mista de Orçamento deveria ter votado o projeto antes do Plenário do Congresso. "A Comissão Mista de Orçamento deveria ouvir a comunidade de Belo Horizonte e fazer um debate com a sociedade. Se fosse assim, talvez o projeto não passasse."

Já o deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP) sugeriu que os recursos fossem utilizados na construção de uma nova linha do metrô de Belo Horizonte. "Se o metrô está com dificuldades financeiras, uma nova linha aumentaria a arrecadação. É uma lógica cruel pegar dinheiro público, sanear empresa e depois passar para iniciativa privada. O empresariado gosta de mamar nas tetas do Estado. Se a iniciativa privada quer assumir, ela que faça o investimento."

 

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp.

 

Canal On Truck

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários