Domingo, 24 de Outubro de 2021
Artigos Você sabia?

Você precisa saber a diferença entre os caminhões Toco e Truck

Só assim evitará acidentes e problemas com a lei por excesso de carga

30/09/2021 às 13h33 Atualizada em 02/10/2021 às 11h47
Por: Micaela Lisboa
Compartilhe:
Divulgação/Volkswagen
Divulgação/Volkswagen

 

Para os caminhoneiros, encarar horas de viagem é sempre cansativo, mas além disso, há também os perigos das estradas. A má conservação das estradas é uma dessas questões, ou seja, a sobrecarga pode se tornar mais um fator de risco. Essa distribuição adequada permite uma condução segura e sem impactos, itens que os modelos Toco e Truck possuem.

 

A capacidade de carga dos caminhões é uma determinação que garante a segurança do trânsito e do condutor em seu dia a dia. Ao carregar o veículo, é fundamental fazer a distribuição exata do peso entre os eixos, conforme a regra padrão para os diferentes tipos de caminhões. Isso garante uma viagem mais segura e dentro da lei.

 

Com tantas opções de modelos de caminhões, muitos pensam que o transporte pode ser em qualquer um, mas é aí que você se engana. Nós separamos dois modelos com nomes semelhantes para te esclarecer algumas dúvidas, preparado?

 

Aqui você encontra:

 

 

TOCO, Caminhão semipesado 

 

Foi pensando na segurança da capacidade de carga dos caminhões que decidimos falar hoje sobre os modelos Toco e Truck. No caso do caminhão Toco, que é o nome popular para o veículo do tipo 4×2, há apenas dois eixos simples na carroceria, sendo um frontal e outro traseiro. Para esse tipo de veículo, a capacidade de carga e o comprimento podem variar de acordo com o projeto de cada montadora.

 

Toco é um caminhão intermediário, que já é capacitado a pegar estradas e a carregar volumes mais pesados. Ele chega a até 14 metros de comprimento e geralmente é utilizado em mudanças, entregas de grandes lojas e cargas de materiais para construção. Seu limite é de 6 toneladas.

 

TRUCK ou trucado

 

O Truck tem uma estrutura bem parecida com o Toco, mas sua diferença está nos eixos da carroceria, pois tem um duplo traseiro na carroceria. Isso dá uma estrutura mais resistente a esse caminhão, já que há a distribuição ideal do peso, fazendo com que ele chegue até o máximo de 14 toneladas de capacidade.

 

 

Também conhecido como “trucado” ou caminhão pesado, trata-se do caminhão do tipo 6×2, que detém os três eixos e suporta muito mais carga do que os caminhões toco ou 3/4 suportam. Sua robustez tem o objetivo de oferecer uma capacidade maior de carga e, ao mesmo tempo, assegurar melhor desempenho na condução do veículo, por isso a presença de um eixo adicional.

 

Como o truck é rápido e compacto, ele costuma acelerar melhor, o que auxilia para que as entregas sejam feitas em menos tempo no perímetro urbano. Dessa maneira, podemos entender os motivos que o levam a ser muito popular para o transporte de uma variedade tão significativa de carga.

 

Qual modelo escolher? 

 

Agora entra a dúvida, qual modelo escolher? Bom, com as características informadas acima, você já pode ter tido uma base para qual modelo a sua mercadoria pode ser transportada. Afinal, é preciso entender a capacidade de carga de cada caminhão e como ela pode determinar na hora do transporte.

 

Uma importante questão que deve ser considerada é que todo caminhão é projetado por profissionais capacitados, como os engenheiros mecânicos. Eles desenvolvem a estrutura do veículo pensando no seu uso específico, o que também inclui a questão do peso máximo no qual ele é capaz de conduzir.

 

Testes de alta capacidade são realizados e, a partir dos resultados, essa limitação é estipulada. Dessa maneira, fica mais fácil entender por que cada caminhão só está apto a transportar volumes específicos. Desrespeitar isso é colocar a carga, a vida do condutor e de outras pessoas em risco!

 

Diferentes tipos

 

Os diferentes tipos de capacidade de carga de caminhões são definidos de acordo com a estrutura dos veículos. Há aqueles menores, voltados para o uso urbano, enquanto também existem os caminhões de grande porte, voltados para o transporte de volumes de extremo peso e extensão. O ideal sempre é respeitar essas limitações!

 

Cada caminhão, de acordo com a sua finalidade, tem uma capacidade máxima que limita seu uso. Portanto, de nada adianta se comprometer com uma carga na qual o veículo não tem a estrutura necessária para o transporte. Isso pode influenciar diretamente na conservação do caminhão, causando danos e prejuízos.

 

Entendeu? Então, na hora de escolher o modelo de transporte, selecione com consciência a segurança do motorista, da carga e do trânsito em si. Nós da On Truck separamos esse artigo para você leitor que quer sempre aprender mais desses diversos modelos de caminhões.

 

Canal On Truck

 

 

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários