Quinta, 02 de Dezembro de 2021
Segurança nas Estradas Crime

Catador é condenado por matar caminhoneiro em Itabaiana

O catador teria agredido o caminhoneiro depois de desentendimento

27/10/2021 às 08h01
Por: Redação Fonte: G1
Compartilhe:
Foto: Reprodução Internet
Foto: Reprodução Internet

O julgamento de Ítalo Rian Santana dos Santos foi finalizado nesta terça-feira (26), no Fórum Maurício Graccho Cardoso. Em júri popular, o catador de recicláveis foi condenado pela morte de Manoel Gomes de Oliveira Filho, conhecido como “Pezão Caminhoneiro”. O crime aconteceu em Itabaiana, Agreste do estado, no ano de 2018.

 

A Justiça determinou que Ítalo vai cumprir 14 anos de prisão, em regime inicial fechado, por homicídio qualificado. De acordo com o juiz, 12 anos são referentes à pena-base, entretanto, foram acrescidos dois anos porque o crime foi praticado por motivo fútil.

 

 Relembre o caso

No dia 17 de agosto de 2018, o caminhoneiro foi morto com pauladas na cabeça, na rua Abdias Venâncio Neto. O caso aconteceu quando Ítalo, catador de materiais recicláveis, se desentendeu com Manoel. A discussão aconteceu na frente da residência da vítima e teria iniciado porque o caminhoneiro reclamou que Ítalo estava mexendo no lixo em frente a sua casa. O acusado então pegou um pedaço de madeira e golpeou o caminhoneiro, que não resistiu.

 

 

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários