Quinta, 02 de Dezembro de 2021
Segurança nas Estradas Sobrecargas

Moradores reclamam de caminhões que transitam com sobrecarga em JF

Movimento de caminhões e carretas com excesso de carga e sem rede de proteção estariam sendo recorrentes na cidade

16/11/2021 às 10h08
Por: Redação Fonte: Tribuna de Minas
Compartilhe:
Foto: Reprodução Internet
Foto: Reprodução Internet

Denúncias a respeito do aumento da circulação de caminhões e carretas que transitam com excesso de carga pelas ruas de Juiz de Fora têm sido encaminhadas à Tribuna por leitores nas últimas semanas. Moradores de diferentes regiões da cidade relataram ao jornal que notaram situações como queda de partes das cargas, como areia e outros materiais, pelas vias públicas, causadas também pela falta de equipamentos de proteção.

 

Além disso, a preocupação é com a possibilidade de os veículos tombarem ou causaram acidentes graves. Conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), circular com excesso de carga é infração gravíssima.

 

Segundo um leitor, que preferiu não ser identificado, o trânsito de caminhões sobrecarregados de pedras e areias na Rua Ladeira Alexandre Leonel, no Bairro Estrela Sul, Zona Sul de Juiz de Fora, tem sido recorrente. “É possível ver torrões de areia caindo, e os caminhões com o risco de tombar, pois não usam a tela de proteção”, afirma o leitor.

 

Os moradores da Zona Norte da cidade também observaram o crescimento da prática ilegal. Neste caso, foi identificada sobrecarga de materiais carregados por uma carreta na Avenida Presidente Juscelino Kubistchek, na altura do Bairro Jóquei Clube. Tanto no caso da Zona Sul como da Zona Norte, os moradores também apontam a falta de fiscalização.

 

A Tribuna questionou a Secretaria de Mobilidade Urbana da Prefeitura de Juiz de Fora sobre os relatos. A pasta informou, por meio de nota, que a legislação determina que seja utilizado equipamento de proteção, como por exemplo, uma lona, que impeça a carga de ser derramada. “Quando for necessário que a carga exceda os limites do veículo, é obrigatória uma autorização especial da autoridade de trânsito que tem circunscrição sobre a via e, dependendo do local de circulação, deve ser solicitado também o serviço de batedores”, informa a secretaria.

 

De acordo com o CTB, transitar com veículo derramando a carga que esteja transportando é uma infração gravíssima, sujeito a autuação no valor de R$ 293,47 e perda de sete pontos na carteira de habilitação. Caso o condutor seja flagrado circulando nestas condições, o veículo é retido até que o problema seja sanado.

 

 

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no FacebookInstagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários