Segunda, 08 de Agosto de 2022
Artigos Dica valiosa

Vagas em transportadoras: como se preparar para uma entrevista

De aparência a dicas de comportamentos, veja como se preparar!

23/11/2021 às 17h12 Atualizada em 23/11/2021 às 18h00
Por: Micaela Lisboa Fonte: Redação
Compartilhe:
Foto: Reprodução Internet
Foto: Reprodução Internet

A gente sabe que hoje em dia a profissão de caminhoneiro já não é a mesma de antigamente, que tinha uma tradição de ser passada de pai para filho. Muitas coisas estão mudando por conta da revolução tecnológica e de outras transformações que estão acontecendo.

 

Nessa mudança toda de tempos, é vital que um motorista de caminhão profissional precisa ter a experiência e treinamentos necessários para ter maior valor agregado para o mercado. Isso porque se tornar um caminhoneiro envolve assumir muitas responsabilidades, pressão para chegar e estar pronto para partir, o que exige muita maturidade e dedicação.

 

É o que nós vamos mostrar aqui neste artigo. Você vai entender o que é preciso para ter destaque na sua carreira como motorista dos pesadões! Acompanhe!

 

Aqui você encontra:

 

 

O processo seletivo e as entrevistas

 

O primeiro tópico que vamos tratar é o processo seletivo e, como consequência, as entrevistas de emprego. Como você deve se portar? O que você precisa fazer? Continue lendo!

 

As empresas elaboram um processo seletivo para contratar motoristas, definido um perfil específico para cada vaga. Algo como características do cargo em detalhes e todas as suas exigências devem estar definidos, a fim de evitar desgastes com contratações equivocadas ou, até mesmo, atrair profissionais que não atendem as demandas da empresa.

 

Durante a seleção, o contato presencial é o momento em que a empresa conhece melhor o candidato, analisando seu comportamento, seja físico ou profissional, por exemplo. Veja alguns temas mais usados na hora de uma seleção:

  • história de vida e rotina;

  • o que faz para relaxar;

  • vivências no trabalho;

  • por que gosta de dirigir caminhões e outros veículos;

  • por quanto tempo trabalha com isso;

  • dificuldades e pontos fortes, entre outras.

 

Esse contato presencial é fundamental para explorar melhor os temas relacionados ao cargo e ver um pouco, na prática, como é a personalidade da pessoa e suas características mais marcantes.

 

 

O que colocar em um currículo?

 

O caminhoneiro cria um vínculo muito íntimo com seu caminhão, você concorda? Ele conhece cada barulho, cada peça do motor... Se algo está errado, ele sabe qual é o problema e muitas vezes vai lá e resolve sozinho. As estradas também viram velhas conhecidas, tão íntimas quanto melhores amigos. Cada pedacinho de estrada tem história pra contar.

 

Mas, como passar para um pedaço de papel — O currículo de caminhoneiro — toda essa paixão e esse conhecimento? Como convencer o possível empregador de que você é a pessoa certa para o trabalho? Difícil, não é?

 

Bom, além de colocar todos aqueles dados que já sabemos, como nome, telefone, e-mail e experiência profissional em outras empresas, pode-se acrescentar alguns itens que irão fazer total diferença.


Em informações adicionais pode-se colocar os Cursos de MOPP (Movimentação Operacional de Produtos Perigosos), categorias da CNH, Registro na ANTT e disponibilidade de horário disponível para trabalho. Habilidades como conhecimento de rotas por estradas do país, se teve experiência de ser caminheiro em outro país e experiência em negociação de mercadorias.

 

Tudo que você tiver de destaque tem que estar no seu currículo, hein?

 

 

Habilidades na estrada e fora dela

 

Faça uma lista das suas habilidades. Pense no mínimo cerca de seis itens e estará ótimo. Aptidões técnicas como “logística de entrega” quanto coisas mais pessoais, como “responsável”, valem muuuito! Claro que as coisas técnicas são mais procuradas pelos empregadores.

 

Uma boa maneira de decidir o que colocar é pensar sobre o que o recrutador quer. Muitas vezes está descrito na vaga de emprego, coisas como “conhecimento das estradas de São Paulo” ou “capaz de detectar defeitos no caminhão”. Tudo isso pode entrar.

 

Cada vez mais os empregadores também estão querendo essas habilidades abaixo:

  • Serviço ao cliente;

  • Técnicas de vendas;

  • Liderança;

  • Microsoft Excel;

  • Microsoft Word.

 

Outra dica valiosa: em vez de apenas listar as habilidades e esperar que o empregador acredite em você, tente colocar ao lado de alguns itens a prova. Por exemplo, se você tiver feito um curso de direção defensiva, em vez de escrever “direção defensiva”, escreva “direção defensiva — certificado pelo curso X”.

 

 

Passou na entrevista e agora?

 

Não é porque você passou na entrevista que agora irá se descuidar na aparência e não vai mais se capacitar. 

 

Pelo contrário!!

 

Busque sempre melhorar.  Os veículos estão cada vez mais modernos e complexos, assim embarcadores e clientes buscam pessoas preparadas, qualificadas e atualizadas com a tecnologia e que sejam capazes de interagir com os clientes da empresa para a qual trabalha e ter um bom relacionamento interpessoal. 

 

Aparência também é um requisito.

 

Recrutadores aconselham que, além disso, é essencial ter comprometimento com o trabalho que vai executar. Muitas vezes, a sensação é de que o cargo de motorista é coisa passada.  

 

Bom, nosso artigo fica por aqui! Esperamos que tenha gostado das dicas e espalhe para que mais pessoas possam saber dessas informações. 

 

Aaah… compartilhe este artigo com o pessoal dos grupos de Zap e Facebook!!

 

Até a próxima!

 

 

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no FacebookInstagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários