Quinta, 20 de Janeiro de 2022
Artigos Cuidado nas estradas

Condições adversas: saiba o que é e os tipos

Direção defensiva e pilotagem defensiva são os métodos de ficar atento nas estradas!

26/11/2021 às 08h59 Atualizada em 26/11/2021 às 09h22
Por: André Baioff Fonte: Redação
Compartilhe:
Foto: Reprodução Internet
Foto: Reprodução Internet

O Brasil tem níveis altos de mortes no trânsito. Saber sobre condições adversas vai te ajudar a ficar atento nas estradas. Existe diferença entre direção e pilotagem defensiva. Um é para carros e o outro é para motos.

 

Para que você saiba mais a respeito, nós do portal On Truck preparamos este artigo!

 

Acompanhe mais!

 

AQUI VOCÊ ENCONTRA:

 

 

O que é condições adversas

 

Em linhas gerais, condições adversas são todos fatores que podem prejudicar o desempenho no ato de dirigir, tornando maior a possibilidade de um acidente de trânsito. Existem várias condições adversas e é importante lembrar que nem sempre elas aparecem isoladamente, tornando o perigo ainda maior.

 

Mas abaixo, nos próximos tópicos, nós vamos listar e detalhar melhor quais são as condições adversas.

 

 

Diferença entre direção e pilotagem defensiva

 

O conjunto de técnicas utilizadas para evitar os acidentes no trânsito é chamado de Direção Defensiva . Já no caso específico dos condutores de motocicletas, estas técnicas são chamadas de Pilotagem Defensiva. 

 

Dirigir ou Pilotar defensivamente é evitar acidentes ou diminuir as consequências de um acidente inevitável, apesar dos erros, das condições adversas e da irresponsabilidade de outros condutores e pedestres. 

 

As técnicas de Direção e Pilotagem Defensiva estão agrupadas em cinco elementos básicos:

 

1. Conhecimento; 

2. Atenção;

3. Previsão; 

4. Habilidade; e 

5. Ação. 

 

O condutor deve ser capaz de identificar os riscos e agir corretamente diante dessas situações, pensando nos procedimentos adequados para cada uma.

 

 

O que é considerado condições adversas do veículo

 

Agora que você já foi introduzido ao tema, vamos falar a respeito das condições adversas do veículo. Todo motorista sabe que, não importa quanto o veículo seja novo, ele sempre pode causar problemas técnicos.

 

Os problemas mais comuns que um automóvel pode dar são:

 

  • Pneus gastos 

  • Quebra do motor

  • Bateria ruim

  • Superaquecimento

  • Pane elétrica, entre outros.

 

Então, para evitar esse problema, é dever do motorista conservar seu veículo em bom estado de conservação e manutenção periódica, a fim de prevenir acidentes.

 

Foto: Direto das Ruas

(Foto: Direto das Ruas) - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

 

O que é considerado condições adversas da carga

 

Condições Adversas de Carga é quando no transporte há cargas mal posicionadas, mal distribuídas ou mal embaladas e/ou acondicionadas, o que gera riscos ao motorista do veículo e aos demais nas estradas.

 

Além desses, os motivos mais comuns são:

 

  • Falha na imobilização e amarração dos volumes dentro do compartimento de cargas;

  • Desconhecimento do tipo de carga e das suas características.

  • Mau estado da carroceria ou do compartimento de carga.

 

Para ficar atento e evitar tais transtornos, deve-se observar os seguintes pontos:

 

  • O volume e o peso devem ser compatíveis com a capacidade do veículo;

  • Não transportar passageiros nos compartimentos de carga ou vice-versa;

  • Certificar-se de que a carga está imobilizada e bem condicionada.



Recapitulando: quais são as 8 condições adversas

 

1. Condição Adversa de Tempo: tem ligação com as condições climáticas e atmosféricas, como chuva, granizo ou neblina.

 

2. Condição Adversa de Iluminação: referente às condições de iluminação, como ofuscamento, luz solar, penumbra e noite.

 

3. Condição Adversa de Via: está ligada às condições da via trafegada, como má conservação e sinalização, falta de acostamento, ondulações, desníveis, lombadas, óleo na pista, animais, buracos e poças de água.

 

4. Condição Adversa de Trânsito: diz respeito à maneira de agir dos condutores que pode resultar em intervenções ao motorista. Congestionamento, lentidão, trânsito de veículos pesados, velocidade alta, presença de bicicletas ou carroças, assim como festas, exposições e eventos onde haja aglomeração de pessoas.

 

5. Condição Adversa de Veículo: é dever do motorista conservar seu veículo em bom estado de conservação e manutenção periódica, a fim de prevenir acidentes.

 

6. Condições Adversas de Carga: é quando o transporte realiza-se por meio de cargas mal posicionadas, mal distribuídas ou mal embaladas/acondicionadas, o que gera riscos ao motorista do veículo e aos demais.

 

7. Condição Adversa de Passageiro: a carga excessiva de passageiros no mesmo veículo, assim como barulho, brigas, conversas em volume alto e passageiro que passa mal são causadores de distração e perturbação da boa condução do veículo.

 

8. Condição Adversa de Condutor: a utilização de telefones celulares, equipamentos eletrônicos, música alta, sono, fadiga, uso de bebidas alcoólicas, medicamentos e drogas torna o raciocínio e o reflexo do motorista menos eficaz.

 

Tome cuidado com as adversidades nas estradas Brasil afora, hein! Espalhe esse artigo para quem mais precise saber nos grupos de Zap e Facebook!

 

Até mais!

 

 

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no FacebookInstagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários