Terça, 16 de Agosto de 2022
Artigos Sem roubo ou furto

Continue sofrendo com furto e roubo ou leia este artigo!

Saiba como evitar esses problemas lendo até o final deste artigo!

26/11/2021 às 02h05 Atualizada em 26/11/2021 às 09h19
Por: Micaela Lisboa
Compartilhe:
Reprodução: Internet
Reprodução: Internet

Fim de ano chegando e a atenção precisa ficar mais redobrada aos roubos e furtos que estão crescendo a cada ano. A tecnologia tem sido uma grande aliada dos assaltantes, por isso é preciso estar atento e se  planejar contra essas inovações. 

 

Além dos perigos e prejuízos relacionados a acidentes de trânsito   por imprudência de motoristas, má sinalização das vias ou condições ruins das pistas, o roubo de caminhões também representa uma ameaça enorme para os profissionais.

 

Existem quadrilhas cada vez mais especializadas em assaltos e furtos de veículos pesados agindo nas estradas e cidades do país, tanto com o objetivo de vender as peças para desmanches como para roubar a carga transportada. São crimes que causam grandes perdas financeiras, tornam os fretes mais caros e colocam as vidas dos caminhoneiros em perigo.

 

Chaves codificadas. Alarmes mais sofisticados. Estacionamentos monitorados por câmeras 24 horas e nenhuma garantia de segurança. Por isso, separamos algumas dicas a fim de amenizar os perigos:

 

Aqui você encontra:

 

 

7 principais equipamentos antifurto:

 

Trava de volante e pedal: com um investimento médio de R$ 50,00, é o ideal se você não pode gastar muito. O uso da trava impede que o acelerador e o volante funcionem, inibindo a investida de ladrões.

 

Câmera de ré: usada só em veículos mais novos, hoje é possível instalar em  qualquer veículo. Você vai fazer manobras facilmente, ver quem está atrás e estacionar em vagas apertadas sem dar nenhuma batidinha em outro veículo.

 

Brake light: instalado no vidro traseiro, é um sinal a mais, além das lanternas traseiras, para indicar que você está freando. Isso evita colisões e aumenta a atenção dos motoristas que estão atrás de você.

 

Alarme: alguns tipos têm sistema sonoro antifurto, cortam o combustível.

 

Bloqueadores: custam em média R$ 1.000,00, com uma mensalidade de aproximadamente R$ 40,00. Bloqueiam a bomba de combustível ou a ignição e se alguém tentar roubar seu carro, um alarme dispara dizendo que seu veículo está sendo roubado. O equipamento é básico, mas ajuda a diminuir o risco de furto.

 

Localizadores e rastreadores: os localizadores informam o local onde está o carro roubado no momento em que você avisa a central de monitoramento. Já os rastreadores são mais avançados, pois indicam o local em que o veículo está, mesmo que o motorista não tenha acionado a central. Também dá para saber o trajeto feito através de rastreamento por uma antena de GPS. O custo varia de R$ 6.000,00 a R$ 10.000,00.

 

Trava elétrica: outro acessório simples que dá desconto no seguro de carro. Trava todas as portas e mantém o automóvel fechado, para sua tranquilidade.

 

 

Bandidos bem equipados

 

Os assaltantes estão investindo pesado em itens que facilitem esses roubos. Bloqueadores de sinais de GPS e alarmes, ferramentas que cortam as fiações, rádios comunicadores e dentre outros. Por isso, fiquem atentos.

 

Além dos equipamentos tecnológicos, existem ainda dicas de como evitar os roubos e furtos. 

 

 

Paradas ao longo do trajeto

 

Carona ao longo da estrada é algo extremamente perigoso, muitos caminhoneiros acabam parando para ajudar. Entretanto, há vários casos de quadrilhas de roubos de caminhões que usam pessoas como “iscas” para que o motorista pare para ajudar.

 

Diante disso, caso aviste alguém pedindo carona, siga a viagem e anote o local em que a pessoa se encontrava. Chegando em um lugar seguro, avise a Polícia Rodoviária que irá tomar as medidas necessárias em ambos casos.

 

 

 

Revisão 

 

A revisão do caminhão é fundamental para o sucesso e a segurança de uma viagem. Entretanto, outro perigo da não realização da revisão periódica é a necessidade de realizar paradas na estrada para averiguação do problema.

 

Isso porque alguns assaltantes aproveitam desse momento de vulnerabilidade do caminhoneiro para roubar o veículo ou a carga do mesmo. Para evitar tal problema, mantenha sempre a manutenção em dia do caminhão e realize o menor número possível de paradas forçadas ao longo do trajeto.

 

 

Comunicação nas estradas

 

Se comunicar com outros caminhoneiros pode te ajudar a proteger o caminhão de roubos. Eles podem te passar informações e dicas sobre trechos perigosos ou em más condições. Uma outra vantagem é a formação de comboios, ou seja, grupos de caminhoneiros passando juntos por um mesmo trecho. Essa é uma ótima estratégia para passar por zonas de risco, pois esse tipo de formação costuma afastar os criminosos.

 

Planejamento

 

Um bom planejamento de rota é primordial. Antes de sair, defina os pontos de parada. Por exemplo, é importante prestar atenção para não se sobrecarregar por dirigir por muitas horas seguidas e parar em locais perigosos. Busque sempre caminhos e pontos de parada seguros para garantir maior segurança.

Gostou do artigo? Envie para os grupos de Zap e Facebook para a rapaziada ficar sabendo também!!

 

Até a próxima!

 

 

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no FacebookInstagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários