Segunda, 08 de Agosto de 2022
Segurança nas Estradas Detido

Detran AM detém homem com CNH falsa em fiscalização na zona leste

Operação Integrada resultou em 94 abordagens, seis remoções e uma pessoa detida

10/12/2021 às 09h02 Atualizada em 10/12/2021 às 18h36
Por: Redação Fonte: Secom Amazonas
Compartilhe:
Foto: Reprodução Internet
Foto: Reprodução Internet

Nesta quinta-feira (09/12), um condutor foi pego com uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa e conduzido ao 14° Distrito Integrado de Polícia (DIP), durante a fiscalização de transportes alternativos e executivos na zona leste de Manaus. A abordagem ocorreu durante uma operação integrada entre o Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), o Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), CPA Leste e o Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPtran), na avenida Autaz Mirim.

 

Ao todo, foram abordados 94 ônibus alternativos (amarelinho) e executivos. Destes, cinco acabaram removidos pelo Núcleo Especializado em Operações de Trânsito do Detran (Neot) e um pelo IMMU. Um condutor também foi preso após ser abordado pelo agente, ao apresentar uma CNH falsa. Ele foi encaminhado para o 14? Dip.

 

“Estamos fiscalizando tanto as condições dos veículos como as condições do condutor, além da segurança viária”, disse o coordenador geral do Neot, Victor Mansur.

 

O diretor de Operação do IMMU, Stanley Ventilari, comentou a operação realizada na zona leste da cidade. “A gente precisa intensificar a fiscalização na zona leste da cidade, mais ao que diz respeito ao transporte alternativo, o conhecido ‘amarelinho’, justamente para que a gente consiga melhorar o trânsito da cidade e garantir a segurança também, que é o nosso principal objetivo”, disse Ventilari.

 

 

 

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no FacebookInstagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários